Lance! elege Cuéllar o pior de Santa Fe x Flamengo

LANCE: O Flamengo ficou no empate sem gols com o Santa Fe, nesta quarta-feira, em Bogotá, em duelo válido pela Copa Libertadores. O Rubro-Negro não teve um bom rendimento e não foi eficiente. A defesa rubro-negra recebeu as melhores avaliações. Confira, a seguir, as notas do LANCE! (por Matheus Dantas - matheusdantas@lancenet.com.br).

6,0 - Diego Alves - A verdade é que, apesar do domínio do Santa Fe, o goleiro não foi exigido. Só precisou cortar alguns cruzamentos feitos na área.

5,5 - Rodinei - A atuação na defesa foi segura. O lateral-direito até arriscou algumas subidas ao ataque, mas não teve sucesso.

6,0 - Réver - Como sempre, o capitão foi importante nas bolas aéreas. Afastou muito dos cruzamentos feitos pelo time do Santa Fe.

Cuéllar em Santa Fe x Flamengo - Foto: Gabriel Aponte/Getty Images
6,0 - Juan - Apesar de alguns erros na saída de bola, não comprometeu. Fez bons cortes quando esteve mano a mano com os atacantes rivais.

5,5 - Renê - Foi muito exigido pelos avanços de Anderson Plata e Morelo - e venceu alguns duelos individuais. No ataque, ficou devendo. Errou muito passes.

3,5 - Cuéllar - Atuação muito ruim do colombiano. Desligado, errou algumas vezes na intermediária e ofereceu ao adversário ataques perigosos.

4,5 - Willian Arão - Foi a novidade entre os titulares para a partida na Colômbia. Não errou tantos passes como os companheiros, mas abusou dos toques laterais.

4,5 - Lucas Paquetá - Enquanto esteve aberto na direita, seguiu o nível dos outros meias do Flamengo. Pouquíssima inspiração. Acabou improvisado como ‘9’.

5,0 - Diego - Reflexo da péssima atuação do meio-campo do Flamengo. Ajudou mais na defesa, com entrega na marcação, do que na organização da equipe.

5,5 - Vinicius Júnior - Participação sem brilho do atacante. O jovem até conseguiu puxar alguns contra-ataques, mas as conclusões das jogadas foram ruins.

4,0 - Henrique Dourado - O centroavante teve uma participação muito discreta. Não finalizou nenhuma vez, cometeu faltas e não foi capaz de segurar a bola na frente.

4,5 - Geuvânio - Entrou já nos minutos finais e errou jogadas simples.

5,0 - Marlos Moreno - Entrou com vontade, mas não conseguiu produzir. Como os demais, pegou a bola em alguns lances e se viu isolado.

– Jonas - Entrou no fim.

4,0 - Barbieri - O time foi uma negação no ataque. Finalizou apenas uma vez no gol. As substituições foram cautelosas. A vitória era possível, faltou ousadia.

Atuação muito ruim do colombiano. Desligado, errou algumas vezes na intermediária e ofereceu ao adversário ataques perigosos.


Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget