Paquetá e Vinicius Jr são eleitos os melhores de Vitória x Flamengo

LANCE: A primeira rodada do Brasileirão deixou um gosto amargo para o Flamengo. Os cariocas visitaram o Vitória, no Barradão, neste sábado, e ficaram no empate em 2 a 2. Os erros de arbitragem - para os dois lados - prejudicaram o andamento da partida. Em campo, os destaques foram Lucas Paquetá e Vinicius Júnior. Confira, a seguir, as notas do LANCE! (notas por Vinícius Britto - reporterfla@lancenet.com.br).

6,0 - Diego Alves - Realizou algumas boas defesas e passou perto do pênalti de Yago. Nada poderia ter feito na cabeçada de Denilson. Jogo seguro do goleiro.

5,5 - Rodinei - Devido às circunstâncias do jogo, ficou preso aos zagueiros. Apareceu pouco ao ataque para se juntar a Vinicius Júnior, que caía pela direita.

5,0 - Juan - Falhou feio no gol de Denilson, ficando pregado no chão, sem contestar o atacante rival. Acabou sendo decisivo de forma negativa para o empate.

Lucas Paquetá comemorando gol pelo Flamengo - Foto: Tiago Caldas
6,5 - Réver - Tranquilo no jogo aéreo e no combate atrás, mesmo com a velocidade do ataque do Vitória. Ainda marcou o segundo gol rubro-negro no Barradão.

5,0 - Renê - Dava muitos espaços, com seu setor sendo explorado por Rodrigo Andrade e Rhayner. Foi pelo seu lado que saiu os dois gols baianos.

6,0 - Cuéllar - Teve que se desdobrar na marcação pela inferioridade numérica do Flamengo. Muitos desarmes, e, na medida do possível, protegeu a zaga.

7,5 - Lucas Paquetá - Foi o melhor do Flamengo no jogo. Bela finalização no primeiro gol e participava de todos os lances de perigo do ataque rubro-negro.

5,5 - Diego - Dos jogadores de frente do Flamengo, foi o que menos apareceu. Cumpriu a função de fazer a bola chegar no ataque, mas pouco incisivo.

Éverton Ribeiro - Sem nota. Foi expulso injustamente no começo do jogo.

7,0 - Vinicius Júnior - Em seu primeiro toque na bola, deu assistência para Paquetá. Muita movimentação na frente e sofreu a falta que resultou no segundo gol.

5,5 - Henrique Dourado - Com a expulsão, foi sacrificado. Substituído ainda no primeiro tempo.

6,5 - Geuvãnio - Bela assistência para Réver no segundo gol do Flamengo. Depois de preterido por Carpegiani, ganha pontos com Barbieri para a sequência.

6,5 - Willian Arão - Acrescentou vitalidade e poder de marcação em um meio-campo que passou a maior parte do jogo com menos jogadores. Muita vontade.

5,5 - Pará - Entrou nos minutos finais para dar velocidade e fechar o lado direito junto com Rodinei. Cumpriu a função designada e não comprometeu.

6,0 - Maurício Barbieri - Nos primeiros dez minutos, o time foi bem e sufocou o Vitória. A expulsão prejudicou o interino em sua estreia como técnico do Flamengo.



Foi o melhor do Flamengo no jogo. Bela finalização no primeiro gol e participava de todos os lances de perigo do ataque rubro-negro.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget