Perfil motivador e apoio do grupo fazem de Renato favorito no Fla

LANCE: Quando Paulo César Carpegiani foi dispensado do cargo de treinador, o Flamengo olhou para o mercado e procurou um técnico que pudesse elevar a moral do estrelado grupo rubro-negro, além de uma aprovação entre esses jogadores. Todos os caminhos apontaram para Renato Gaúcho. Mesmo empregado, o treinador se tornou a bola da vez para fazer o Fla reencontrar os caminhos do sucesso na temporada 2018.

Renato tem um perfil considerado mais boleiro e é bastante conhecido no mundo do futebol como um treinador que possui ótima relação com seus atletas comandados. A forma de lidar com esses jogadores, sejam jogadores de destaque ou mais jovem, é muito bem vista nos elencos do Brasil. Ao saber da possibilidade de Renato assumir, alguns jogadores conversaram com amigos que já tinham trabalhado com o treinador e receberam um feedback muito positivo.

Renato Gaúcho comemorando título pelo Grêmio - Foto: Lucas Uebel
Essas informações foram passadas para a diretoria do Flamengo, que traçou os planos, já vendo Renato como o principal nome para o comando. Em contrapartida, Cuca, outro cotado, não tem uma boa aceitação entre os atletas, diferentemente de Renato Gaúcho. Segundo uma fonte ouvida, alguns jogadores estão até ansiosos para o desfecho positivo.

Renato Gaúcho é visto como o treinador que pode fazer o Flamengo engrenar em 2018, ano que encerra o mandato Eduardo Bandeira de Mello. Com ele, acredita-se que o Rubro-Negro pode galgar passos grandes na temporada, com alguma grande conquista. A avaliação é que o elenco é extremamente qualificado e precisa de um treinador que saiba organizar as ideias e motivá-los.

No caso de Cuca, o treinador costuma demorar para engrenar em todos os seus trabalhos. Além disso, ele não é motivador. É estrategista. Todos os grandes momentos do técnico foram após os clubes assemelharem sua forma de jogar. Como efeito de comparação, no Atlético-MG, onde ganhou a Libertadores, e no Palmeiras, onde ganhou o Brasileiro, ele estreou com sequência de derrotas. Uma série negativa no Flamengo, neste momento, não seria vista com bons olhos.

Já Renato Gaúcho conhece a forma de trabalhar com times fortes e em baixa. Por isso, seu nome foi aprovado quase como unânime entre os conselheiros do Flamengo e o departamento de futebol. O Fla só vai esperar a final do Campeonato Gaúcho, no domingo, para oficializar a proposta para o treinador e para o Grêmio. As duas partes já estão cientes do interesse.

Para contar com Renato, o Flamengo sabe que precisa confirmar um vínculo de duas temporadas, além de salários acima dos R$ 700 mi, o que ele fatura no Grêmio. Seu auxiliar, Alexandre Mendes, viria com o treinador e trabalharia em conjunto com Mauricio Barbieri, que faz parte da comissão técnica fixa.

Se Renato não topar assumir o Rubro-Negro, com Cuca fora do perfil traçado, Maurício Barbieri deve assumir o cargo. Por ora, e o momento que o Flamengo vive, estrangeiros não devem chegar, mesmo com Ramón Díaz - que foi oferecido - entre os postulantes à posição.

Essas informações foram passadas para a diretoria do Flamengo, que traçou os planos, já vendo Renato como o principal nome para o comando.


Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget