Ricardo Lomba trata desabafo como página virada no Flamengo

Cinco dias depois, com a reformulação feita e o novo diretor apresentado, o VP foi mais ameno.

ESPORTE INTERATIVO: O fato que engatilhou as mudanças que fizeram cair seis profissionais do departamento de futebol do Flamengo foram as cobranças públicas do vice-presidente Ricardo Lomba. Na ocasião, na última quarta-feira (2), o dirigente ​tratou a derrota para o Botafogo como "vergonha" e contestou o empenho dos jogadores. Cinco dias depois, com a reformulação feita e o novo diretor apresentado, o VP foi mais ameno.

"Conversei com os jogadores um papo franco, reto. Coloquei o que estava pensando e eles também. Foi tudo resolvido ali. Não ficou nenhuma pendência. Saímos mais fortes ainda. A reunião foi positiva, e isso é página virada", disse Lomba, que ouviu o diretor Carlos Noval afirmar que as cobranças devem ser feitas "de maneira interna".

Ricardo Lomba, Eduardo Bandeira e Carlos Noval no Flamengo - Foto: Vinicius Castro
"Não vejo a menor falta de vontade de correr em campo. Sempre se pode extrair alguma coisa a mais, mas algo nada de anormal. As cobranças têm que ser feitas de maneira interna. Temos que encarar isso como algo normal no futebol".


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget