"Seguirei dando o sangue e a vida pelo Flamengo", diz Cuéllar

COLUNA DO FLAMENGO: Na partida do último sábado (21), o Flamengo venceu, com dois gols de Henrique Dourado, o América MG, em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Mais de 52 mil pessoas foram ao Maracanã para torcer pelo Fla e se despedir do goleiro Julio Cesar.

Outro jogador tinha motivos para comemorar. Gustavo Cuéllar completava seu centésimo jogo com o Manto Sagrado. Após o embate, Cuéllar falou sobre a honra de estar no Fla e que teve momentos que pensou que não ficaria tanto tempo no Mengão.

Cuéllar em Flamengo x América-MG - Foto: Buda Mendes/Getty Images
– Chegou um momento que eu achava que não completaria 100 jogos, mas Graças a Deus, eu superei esse momento de adversidade aqui no Flamengo. Demonstrei meu talento e acredito que posso evoluir ainda mais e seguir dando o sangue e a vida pelo Flamengo que é meu clube do coração agora que eu agradeço muito a oportunidade de honrar essa camisa -, confessou o colombiano.

Cuéllar chegou ao Mais Querido no início de 2016, em 2017 marcou seu primeiro gol com a camisa do Mengão. Pouco utilizado pelo ex-técnico Zé Ricardo, o camisa oito só voltou ao time titular pelas mãos do compatriota, Reinaldo Rueda. No início do ano, com a punição da Conmebol, o volante ficou fora das duas primeiras partidas da Copa Libertadores da América.

Cuéllar falou sobre a honra de estar no Fla e que teve momentos que pensou que não ficaria tanto tempo no Mengão.


Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget