Valores afastam Guerrero de renovar com o Flamengo

UOL: De dois a três anos de contrato para encerrar a carreira, além da manutenção do salário de cerca de R$ 500 mil mensais, sem contar a inclusão de luvas. Essa é a pedida do peruano Paolo Guerrero e de seus empresários – a OTB – para renovar com o Flamengo. O contrato do atacante se encerra no dia 10 de agosto e as negociações estagnaram. Não só isso, a confiança antes dentro da diretoria rubronegra, em manter o jogador, parece não existir mais.

O Flamengo quer que Guerrero assine uma renovação, mantendo os mesmos valores salariais, até dezembro, com prioridade de renovação por mais uma temporada. Já o jogador e seus agentes só aceitam pelo menos mais dois anos de vínculo, que garante seu último grande contrato. Isto porque Guerrero completa 35 anos ainda neste ano, e chegaria ao Rubro-Negro até os 37. A ideia do jogador é encerrar a carreira no futebol peruano, depois desse tempo no Fla.

Guerrero, do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
Luvas, por agora, estão fora de cogitação. O Flamengo termina em agosto de quitar as 36 parcelas de cerca de R$ 200 mil que foram dissolvidas no salário do jogador, quando assinado. Na época, o Fla pagou de primeira R$ 4 milhões e parcelou os outros R$ 8 milhões, do acordo de R$ 12 milhões feitos em 2015. Porém, o jogador quer um novo contrato longo.

Além de tudo, o Flamengo não quer assinar nada com o jogador antes do julgamento que ocorre na próxima quinta-feira, dia 3 de maio, na Suíça. Guerrero, seus agentes e seus advogados viajam neste fim de semana para a Europa. Lá o jogador será julgado na Corte Arbitral do Esporte (CAS) – última instância, e a suspensão pode ir até novembro.

O Flamengo estaria disposto em aumentar o contrato do jogador até o fim de 2019, mas a ideia do lado do peruano é que o acordo seja até, pelo menos 2020. Valores de luvas também terão que ser debatidos, mas o Rubro-Negro não está disposto a um alto investimento novamente.

Por agora, o acordo é considerado distante e a cúpula também estaria preparada para a perda do atacante. Com os valores exigidos, muitos acreditam que o Flamengo poderia investir em um nome mais forte, já que Henrique Dourado, atual titular, não é uma unanimidade no clube. A ideia é ter o Ceifador como opção no banco e contratar um jogador de mais peso no mercado, isto é, se perder Guerrero.

O Flamengo também se vê pressionado por possíveis assédios sobre o jogador. A diretoria já recebeu a informação de que três clubes fortes da América do Sul estariam dispostos a chegar no peruano. Contudo, os valores salariais de Guerrero assustaram. Tanto que nenhum pré-contrato foi assinado.

Na próxima semana, o Flamengo vai retomar as conversas, depois do julgamento na Suíça. A tendência é que o jogador seja absolvido e possa retornar aos gramados a partir do dia 3 mesmo, quando encerra os seis meses. A ideia até, é tê- lo em campo na partida do dia 16 de maio, diante do Emelec, do Equador, pela Copa Libertadores.

A diretoria já recebeu a informação de que três clubes fortes da América do Sul estariam dispostos a chegar no peruano.


Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget