Flamengo é a aposta para reerguer a Arena Amazônia

DESTAK JORNAL: Clube de maior torcida no Amazonas, o Flamengo é o grande alvo do governo estadual para atrair o público e movimentar a Arena Amazônia, que recebe poucos jogos. Nos primeiros cincos meses deste ano foram apenas 11 partidas.

"O Flamengo já está encaminhado. Tivemos uma conversa com um representante do clube e vou para o Rio para que possamos fechar a parceria", revelou o secretário estadual de Juventude, Esportes e Lazer do Amazonas, Manoel Almeida, em entrevista exclusiva ao Destak.

"Pretendo trazer amistosos e jogos de competições oficiais. Estou conversando com a CBF para tentar trazer um jogo do Brasileiro neste ano", acrescentou.

Torcida do Flamengo na Arena Amazônia, em Manaus - Foto: Divulgação
Desde a inauguração, em 2014, o Flamengo jogou cinco vezes na Arena Amazônia, com média de público perto de 30 mil pessoas. Em 2016, o estádio teve público recorde de 44.419 torcedores, justamente em um clássico entre Flamengo e Vasco, pelo Campeonato Carioca.

"O Flamengo tem sempre interesse de jogar em Manaus e estamos sempre em contato com o pessoal deles", disse o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Melo. Apesar da boa relação, ainda não há nada fechado entre as duas partes.  

Sem receber um grande clube há dois anos, a Arena Amazônia conseguiu romper a barreira dos 15 mil torcedores neste ano apenas uma vez: foi na semifinal da Copa Verde, entre Manaus e Paysandu – o que surpreendeu a todos.

Antes disso, apenas a semifinal do Brasileiro Feminino de 2017 entre Iranduba e Santos havia levado público maior – mais de 25 mil pessoas compareceram à Arena para torcer pelas meninas da equipe local.

A intenção do governo amazonense é tentar estreitar a relação com a CBF para tentar levar os grandes do futebol nacional, principalmente os times do Rio de Janeiro, a jogar na Arena Amazônia.

"Vamos conversar com Vasco e Fluminense já na próxima semana para discutir a possibilidade de trazer algum jogo do Carioca do ano que vem", disse o secretário de Esportes.

Mandos liberados
A possibilidade de os clubes venderem os mandos de campo deixa os responsáveis pela Arena animados. Depois de ficar vetada por um ano, a venda de mandos de campo voltou a ser liberada pela CBF a pedido dos clubes para o Brasileiro.

Porém, há algumas regras. Os clubes estão autorizados a negociar apenas cinco mandos durante o campeonato. Além disso, esses mandos que forem vendidos terão que ser antes das últimas cinco partidas que o clube atuar como mandante.

Por estar o Campeonato Brasileiro ainda no começo, nenhum clube anunciou a venda do mando de campo, mas em breve deve ocorrer com outras equipes, porque a situação financeira de grande parte dos clubes não é tão saudável.

Apesar da boa relação, ainda não há nada fechado entre as duas partes.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget