Flamengo encontra "outro" River Plate desde o roubo no Engenhão

GLOBO ESPORTE: O Flamengo passou por mudanças desde sua estreia nesta Libertadores. Houve troca de treinador, de jogadores e até no comando do departamento de futebol. Nesta quarta-feira, o Rubro-Negro visita um River Plate que também chega diferente daquela equipe que empatou em 2 a 2 no fim de fevereiro, no Nilton Santos.

O reencontro é, de certa forma, um pouco mais tranquilo para ambos os lados. A combinação de resultados do Grupo 4 permitiu que o duelo desta quarta-feira, em Buenos Aires, tivesse os dois times já classificados - em busca da primeira posição na chave. Ao Flamengo, apenas a vitória interessa.

O GloboEsporte.com mostra o que o plantel de Maurício Barbieri pode esperar deste novo encontro de Buenos Aires:

Foto: Reprodução
O que mudou no Fla?

No Flamengo, as mudanças foram estruturais no futebol e, de certa fora, mais relevantes. O técnico naquele 28 de fevereiro ainda era Paulo César Carpegiani e Rodrigo Caetano ocupava a função de diretor-executivo de futebol. Ambos foram demitidos um mês depois da estreia na Libertadores, após eliminação na semifinal do Carioca para o Botafogo.

Apesar da mudança, a formação do time não foi tão impactada. Dos 11 titulares hoje, a mexida em comparação com aquele jogo está na presença de Rodinei no lugar de Pará. Jonas iniciou a partida, mas Cuéllar cumpria suspensão. A principal troca está na saída de Everton, que deixou o clube em abril e agora defende o São Paulo. Ele marcou um dos gols diante do River - seu substituto é Vinicius Junior.

River engatou na temporada

Para quem não lembra, o River desembarcou no Rio para enfrentar o Flamengo em situação desconfortável. A defesa vinha mal, sofria muitos gols e os reforços de peso eram questionados. Mas tudo isso já faz parte do passado para os ''Milionários''.

Além dos ajustes precisos no sistema defensivo desde então, o psicológico do time é outro. Pouco depois do jogo no Rio, a equipe venceu a Supercopa local diante do arquirrival Boca Juniors. A partir daí, se fortaleceu mentalmente e voltou a ser um time difícil de ser batido.

- Acho que o jogo contra Boca depois do Flamengo foi fundamental para o River. Cresceu na confiança e encontrou em Quintero um jogador diferente. Melhorou na defesa e com Armani de goleiro. Ainda tem que conseguir uma regularidade, porém chega bem para o jogo - disse o jornalista Silvio Favale, que acompanha o River Plate para o Diário Olé.

A estrutura da equipe, entretanto, é parecida. Em boa fase, o goleiro Armani é um dos destaques deste momento do time. O ataque sofre algumas mudanças de acordo com jogos, mas Lucas Pratto agora tem seu espaço consolidado.

Desfalques? Tem para todo mundo

O Flamengo de Barbieri não contará com nomes de sua equipe titular. Diego, por exemplo, está suspenso. Juan e Réver tratam lesões. Mas a situação não é muito melhor para o técnico Marcelo Gallardo. Dois de seus principais jogadores estão fora da partida.

Pitty Martinez sofreu uma lesão muscular e está vetado. Ele também não havia enfrentado o Flamengo no jogo do Rio de Janeiro. Após conquistar titularidade e regularidade no River, o colombiano Juan Quintero já foi liberado para se apresentar à seleção de seu país.

Fla em sequência, River em descanso

Não é novidade que o calendário do futebol brasileiro exige bem mais que o dos vizinhos. Entre Copa do Brasil, Libertadores e Brasileiro, o Flamengo vive uma sequência mais intensa, com menos tempo de recuperação. Os titulares jogaram quarta (contra o Emelec) e sábado (no clássico diante do Vasco). Sem muito tempo de descanso.

No caso do River, há tempo até de sobra neste momento. O último jogo pela Libertadores, diante do Santa Fe, foi no dia 3 de maio. E a última partida pelo Campeonato Argentino foi na segunda-feira passada, quando venceu o San Lorenzo por 2 a 0. Ou seja, os comandados de Marcelo Gallardo enfrentam o Flamengo depois de nove dias de descanso. Este será o último compromisso da equipe argentina até o ''recesso'' para a Copa do Mundo.

O reencontro é, de certa forma, um pouco mais tranquilo para ambos os lados.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget