Flamengo entrará com nova Empresa em acordo pelo Maracanã

Isto garantiria ao clube a segurança de operar no estádio sem prejuízo no caso de o público não ser o suficiente para lotar o estádio.

ESPN: Flamengo e Maracanã estão prestes a firmar acordo com um parceiro comercial para viabilizar jogos no estádio pelos próximos quatro anos. A empresa assumiria parte do aluguel e dos gastos operacionais em troca da exclusividade de exploração nos chamados "ativos de marketing" do estádio que são, em resumo, publicidade nas áreas não exploradas pela TV, como corredores, telão e nos túneis que levam o público até as arquibancadas.

Isto garantiria ao clube a segurança de operar no estádio sem prejuízo no caso de o público não ser o suficiente para lotar o estádio. Dessa forma, diminuem também os argumentos para cobrança de valor de ingresso mais alto. As conversas já vêm acontecendo há alguns meses e, nesta semana, as partes discutem a assinatura do acordo.

Torcida do Flamengo no Maracanã - Foto: Patrick Galdencio
A ideia inicial do contrato - ainda em discussão - é que tenha duração até 2022. Os valores percentuais que a empresa assumiria dos custos ainda estão sendo discutidos. Para valer, mesmo que acordado entre as partes, a parceria ainda precisará passar pela aprovação do Conselho Deliberativo do clube.  

Esporte.com

Os envolvidos não confirmam o nome da empresa, mas o blog apurou que seria a Esporte.com, agência contratada pela Ferj para fazer a "gestão comercial", como descrito no site da empresa, do campeonato carioca, assim como do Paulista e do Gaúcho deste ano. Também na internet, a empresa cita diversas parcerias comerciais com a Kefler, agência do ex-presidente do Flamengo, Kleber Leite. A empresa, no entanto, foi apresentada ao Flamengo pelo Maracanã e não pelo ex-dirigente.

Como pano de fundo, o acordo significa um alívio para a Odebrecht, que verá o estádio ativo com jogos, e também um sossego político para a gestão rubro-negra, que consegue arrefecer a pressão interna e externa para os jogos no Maracanã, com preço de ingresso mais baixo.  

Por outro lado, um contrato que fixe jogos no Maracanã  por prazo longo decreta o abandono da estratégia do clube de pressionar governo e Odebrecht por uma nova licitação, como vinha fazendo.

Custos

No último jogo, contra o Internacional, com público de mais de 61 mil pessoas, os custos do estádio representaram quase 65% da renda arrecadada. E isso, porque a cobrança do aluguel foi no valor mínimo, R$ 250 mil, fixado após discussões do clube com os administradores do estádio na Justiça. De acordo com decisão judicial, o Maracanã pode cobrar até R$ 600 mil do rubro-negro para alugar o estádio.

Confira os gastos exclusivos do estádio, no último jogo:

- Aluguel: R$ 250 mil
- Infraestrutura: R$ 81.140,27 (gastos com aluguel de roletas e equipes de engenharia e manutenção)
- Operacional: R$ 434.993,22 ( gastos com segurança, limpeza e demais equipes de serviços)
- Contas de Consumo: R$ 150 mil (luz, água e gás)

Total: R$ 916.133,49 mil

 Siga @gabi_moreira


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget