Flamengo estreia na Copa do Brasil diante da Ponte Preta

ESPN: O Flamengo entra em campo pela primeira vez nesta edição da Copa do Brasil nesta quarta-feira, quando encara a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli. Os rubro-negros vão a campo em um clima mais positivo após a vitória no fim de semana sobre o Ceará e terão um adversário pressionado pelos maus resultados no início da Série B.

Pelo lado do Flamengo, a vitória no Castelão pelo Campeonato Brasileiro diminuiu a pressão sobre o elenco e deixou a equipe na liderança da Série A. Mesmo assim, o zagueiro Réver quer manter o embalo para não ser surpreendido pela Ponte Preta.

“Temos um jogo difícil contra a Ponte Preta e precisamos colocar em prática o que estamos treinando. Vamos enfrentar a dificuldade de um jogo fora contra uma equipe forte em casa e que vem bem. Mata-mata é diferente e temos que tomar a iniciativa nos dois jogos”, disse.

Foto: Getty Images
Para esta partida, o técnico Maurício Barbieri não poderá contar com o meia Diego, que sofreu uma lesão no joelho e foi vetado pelo departamento médico. Além dele, o zagueiro Juan não vai para Campinas, poupado pelo treinador. Réver minimizou a escolha e prevê que também poderá ficar fora de alguma partida pela mesmo motivo.

“O calendário brasileiro às vezes é muito injusto. Temos que pagar o preço. A intensidade é alta, isso é bom, mas em alguns momentos temos que segurar algum jogador. Em algum momento, serei eu. O Juan foi o escolhido”, declarou.

Já na Ponte Preta, a pressão aumentou após o revés em casa para o Londrina, pela Série B. Para piorar, além de encarar o líder da Série A, a equipe terá o clássico da cidade contra o Guarani no fim de semana. O meia Tiago Real pregou foco para o elenco não sofrer com os resultados adversos.

“É uma semana importantíssima. São dois jogos extremamente decisivos para nós. O Flamengo é mata-mata, precisamos fazer o resultado ou levar alguma vantagem para lá. É trabalhar, conversar muito e acertar os detalhes que estamos pecando para reverter essa situação um pouco chata que estamos passando para sorrir na semana que vem”, disse.

Tiago Real admitiu que a Ponte Preta tem sofrido em casa. O clube não pode contar com a presença da torcida nos jogos da Série B pela punição do STJD.

“Estamos devendo em casa. Vamos continuar trabalhando. Estamos devendo o resultado em si. O desempenho não enxergo tão ruim, mas é o resultado que manda no futebol. Temos um jogo muito difícil na Copa do Brasil, que é muito importante para nós. Vejo em condições de passar, mas obviamente que não será fácil”, declarou.

O técnico Doriva tem problemas para escalar a equipe. O zagueiro Reginaldo, o meia Danilo Barcelos e o atacante André Luís não pode atuar na competição, pois já entraram em campo por outros clubes. Com isso, Nathan deve ser deslocado para a zaga, com Ronaldo atuando pelo meio e Felipe Saraiva ao lado de Felippe Cardoso no ataque.

O zagueiro Réver quer manter o embalo para não ser surpreendido pela Ponte Preta.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget