Flamengo faturou o dobro de Flu e Bota e o triplo do Vasco em 2017

Ele faturou mais de 100 milhões que o segundo colocado, o Palmeiras (R$ 503 milhões).

JORNAL DO BRASIL: Por Renato Maurício Prado

Os balanços dos clubes de futebol do Brasil em 2017 revelam números impressionantes do Flamengo (R$ 648 milhões, no ano). Ele faturou mais de 100 milhões que o segundo colocado, o Palmeiras (R$ 503 milhões), mais que o dobro de Botafogo (R$ 264 milhões) e Fluminense (R$ 212 milhões) e mais que o triplo do Vasco (R$ 191 milhões).

Se por um lado, tal resultado espetacular deve ser atribuído a gestão de Bandeira de Mello, por outro, demonstra como os resultados de campo, na mesma administração, ainda estão muito aquém do possível e do esperado. Se os azuis entendessem de futebol, não tinha pra ninguém no Rio, no Brasil e na América do Sul.

Eduardo Bandeira de Mello, Presidente do Flamengo, sorrindo - Foto: Gilvan de Souza
Eis os faturamentos dos principais clubes do país, em 2017:

1) Flamengo: 648 milhões de reais.
2) Palmeiras: 503 milhões.
3) São Paulo: 482 milhões.
4) Corinthians: 391 milhões.
5) Grêmio: 364 milhões.
6) Cruzeiro: 344 milhões.
7) Atlético MG: 311 milhões.
8) Santos: 287 milhões.
9) Botafogo: 264 milhões.
10) Internacional: 245 milhões.
11) Fluminense: 212 milhões.
12) Vasco: 191 milhões.
13) Atlético PR: 161 milhões.
14) Coritiba: 119 milhões.
15) Bahia: 104 milhões.

Sinal de alerta em noite chocha

Com um minuto do primeiro tempo, Vinícius Jr. matou, de letra, uma bola longa que lhe fora lançada por Lucas Paquetá. A torcida rubro-negra, que voltou a encher o Maracanã, vibrou com a beleza do lance. Mas o que parecia ser o prenúncio de uma grande atuação não se confirmou. Ao contrário, o empate chocho de 0 a 0 classificou o Flamengo para as quartas de final da Copa do Brasil, mas acendeu também um sinal de alerta em relação ao jogo da próxima quarta-feira, contra o Emelec, pela Libertadores. É fato que a equipe de Maurício Barbieri está evoluindo. Mas ainda tem um longo caminho pela frente até se tornar de fato competitiva.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget