Flamengo impôs a maior derrota do River em casa na Libertadores

ROBERTO ASSAF: O Flamengo foi o primeiro clube brasileiro a vencer o River Plate na casa do adversário na história da Libertadores. E o que impôs ao time argentino a derrota por maior diferença de gols dentro do Monumental de Nuñez em todos os 58 da trajetória do torneio: 3 a 0. A data de ambas as façanhas: 22 de outubro de 1982.

O time argentino disputou 164 jogos em seu estádio, nas suas 34 participações na competição sul-americana, entre 1966 e 2018, e perdeu apenas 19 vezes. Os outros três brasileiros que venceram Los Millonarios em Buenos Aires na Libertadores foram Grêmio – em 2002, portanto 20 anos depois do Flamengo – além de São Paulo e Cruzeiro.

Foto: Gilvan de Souza
O clube que mais venceu o River em Nuñez é o seu grande rival, o Boca Juniors, em três ocasiões: 1970, 1978 e 1991.

As derrotas do River Plate no Monumental de Nuñez na Libertadores

1) 0 x 1 Universidad de Lima / Peru (13/6/67)

2) 1 x 3 Boca Juniors / Argentina (12/2/70)

3) 0 x 1 Estudiantes de La Plata / Argentina (7/5/70)

4) 0 x 4 San Lorenzo / Argentina (27/3/73)

5) 0 x 2 Boca Juniors / Argentina (17/10/78)

6) 1 x 2 Deportivo Cali / Colômbia (22/4/81)

7) 0 x 3 Flamengo / Brasil (22/10/82)

8) 2 x 4 Peñarol / Uruguai (28/10/82)

9) 0 x 2 Argentinos Juniors / Argentina (26/9/86)

10) 0 x 2 Boca Juniors / Argentina (20/3/91)

11) 0 x 1 Newells Old Boys / Argentina (27/2/93)

12) 2 x 3 Nacional de Medellín / Colômbia (20/4/00)

13) 0 x 1 América / México (28/2/02)

14) 1 x 2 Grêmio / Brasil (24/4/02)

15) 1 x 2 Santos Laguna / México (10/5/04)

16) 2 x 3 São Paulo / Brasil (29/6/05)

17) 0 x 1 Caracas / Venezuela (8/3/07)

18) 0 x 1 Cruzeiro / Brasil (21/5/15)

19) 1 x 2 Independiente Medellín / Colômbia (25/5/17)

# Os números do River Plate na história da Libertadores

Total: 329 jogos – 162 vitórias – 82 empates – 85 derrotas
Total em casa: 164 jogos – 111 vitórias – 34 empates – 19 derrotas
Total fora: 165 jogos – 51 vitórias – 48 empates – 66 derrotas

FLAMENGO 3 x 0 RIVER PLATE / ARGENTINA

Data: Sexta-feira, 22 de outubro de 1982.
Competição: Copa Libertadores da América / Fase Semifinal / Grupo A.
Local: Estádio Américo Liberti Vespucio / Monumental de Nuñez, em Buenos Aires / Argentina.
Público: 62 mil espectadores.
Arbitragem: Mario Lira, Guillermo Budge e Juan Silvagno / Chile.
Gols: Lico 11’, Zico 50’ e Nunes 89’.
FLAMENGO: Cantarelli, Leandro, Marinho, Mozer e Júnior; Andrade, Adílio e Zico (Peu); Wilsinho, Nunes e Lico. Técnico: Paulo César Carpegiani.
RIVER PLATE: Gabriel Puentedura, Alberto Tarantini, Jorge Gordillo (Jorge Garcia), Eduardo Saporitti e Júlio Olarticoechea; Américo Gallego, Enzo Bulleri e Emilio Comisso; Reinaldo Merlo, Antonio Alzamendi, Raúl de La Cruz Chaparro (José Maria Vieta). Técnico: Juan Manuel Vasquez.


O clube que mais venceu o River em Nuñez é o seu grande rival, o Boca Juniors, em três ocasiões: 1970, 1978 e 1991.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget