Flamengo vence o Inter e abre 2 pontos na liderança do Brasileiro

COLUNA DO FLAMENGO: O Flamengo entrou em campo com a liderança do Campeonato Brasileiro nas mãos. A torcida fez sua parte e lotou o Maracanã, com cerca de 60 mil torcedores nas arquibancadas do Maracanã para enfrentar o Internacional. O Flamengo, correspondeu à expectativa da Nação e venceu por 2 a 0, com gols de Lucas Paquetá e Everton Ribeiro.

O JOGO

Diferente do que se esperava, o Internacional iniciou a partida tentando pressionar o Flamengo. O Rubro-Negro, por sua vez, não queria abrir mãos de suas características de jogo, mantendo a bola nos pés e tentando investidas pelas pontas.

Lucas Paquetá comemorando gol com jogadores do Flamengo - Foto: Divulgação
A primeira grande chance de gol não demorou a surgir, e foi da equipe visitante. Aos sete minutos de bola rolando, o atacante Leandro Damião foi acionado e cabeceou muito bem. Porém, melhor que a finalização do centroavante, foi a defesa de Diego Alves. O arqueiro voou no cantinho para mandar para escanteio.

O jogo seguiu aberto e o Mengão também assustou. Aos 21 minutos, o lateral Rodinei – que apoiava bastante no ataque – teve oportunidade em bola rebatida na grande área. Ele não pensou duas vezes antes de encher o pé e buscar o canto esquerdo de Danilo Fernandes. Contudo, para tristeza dos rubro-negros, o arqueiro foi muito bem no lance e conseguiu defender.

Os times continuaram buscando o ataque, mas o Mengão passou a ter mais controle da partida e passou ainda mais perto de abrir o placar. Em investida pelo lado direito, Everton Ribeiro acionou Rodinei na linha de fundo. O lateral cruzou rasteiro, buscando Henrique Dourado. Mesmo com pouco espaço, o centroavante conseguiu finalizar, e a bola passou rente à trave.

No fim do primeiro tempo, o Internacional voltou a assustar. Novamente com Leandro Damião, em outro cabeceio, o clube colorado chegou perto do gol. Mas, para alegria da Nação, Diego Alves apareceu bem novamente e impediu o tento, mantendo o placar inalterado para a etapa complementar. O grande destaque negativo nos primeiros 45 minutos foi Geuvânio. Isso ficou claro principalmente pelo fato de que as principais investidas do Fla eram pelo lado direito, e o camisa 23 demonstrou grande ineficiência para criar chances de gol.

No segundo tempo, o Flamengo voltou determinado a sair com os três pontos. Durante os 10 minutos iniciais, o Mengão partiu para cima com tudo, pressionando o Internacional. A torcida, por sua vez, se inflamou e tentou empurrar o Mais Querido para o caminho das redes.

Aos 13 minutos, o Maracanã foi à loucura com a entrada do peruano Paolo Guerrero. Após seis meses e meio afastado dos gramados, o atacante entrou no lugar de Henrique Dourado, que até demonstrou esforço, mas não conseguiu fazer a diferença em campo.

Em seu primeiro lance, o camisa 9 mostrou uma das suas principais características: a visão de jogo. Guerrero se deslocou para a ponta esquerda e chamou dois adversários em sua marcação. Ao receber, ele dominou e passou na medida para Vinicius Júnior. O garoto teve espaço e tentou a finalização colocada, mas chutou pra fora, sem assustar Danilo Fernandes.

Guerrero entrou querendo jogo. Aos 21 minutos ele sofreu falta na intermediária. Mesmo longe da meta, o peruano decidiu bater direto. A cobrança saiu com muito perigo para a meta do goleiro colorado, arrancando o grito da torcida rubro-negra.

Pouco depois, aos 25, mais uma oportunidade na bola parada para o Mengão. Dessa vez, Lucas Paquetá foi para a bola. A falta não foi bem cobrada da forma que se esperava, pois o camisa 11 bateu na barreira. Se na cobrança ele não foi tão bem, no rebote ele foi perfeito: o garoto dominou e mandou no ângulo, sem chance de defesa.

Com o gol sofrido, o Internacional perdeu a cabeça. Em cobrança de lateral, Willian Pottker se irritou e empurrou Renê. Vinicius Júnior defender o companheiro e sofreu uma cabeçada do adversário. Sem pensar duas vezes, o árbitro expulsou o jogador colorado por conta das duas agressões. Na confusão, Paquetá também recebeu cartão, mas o dele foi amarelo.

Sem dar chance para o azar, o Mengão chegou ao segundo gol na partida. Everton Ribeiro arrancou em contra ataque, driblou dois marcadores e mandou no cantinho para fazer seu primeiro gol no Brasileirão e garantir a festa dos mais de 60 mil presentes no Maraca.

O Internacional ainda chegou a assustar por duas vezes. Mas Diego Alves, provando que é um dos melhores goleiros do país, segurou e não permitiu que clube gaúcho marcasse.

A partida seguiu quente, mas o Flamengo demonstrou experiência para controlar os ânimos e seguir com a vantagem no placar e garantiu mais três pontos no Brasileirão. Assim, o Rubro-Negro se manteve na liderança isolada, com dez pontos conquistados. O próximo compromisso do Mengão está marcado para a próxima quinta-feira (10), quando vai receber a Ponte Preta pelo jogo de volta das oitavas da Copa do Brasil. Vale destacar que o Fla venceu a primeira partida por 1 a 0 e terá a vantagem para decidir no Maracanã.

Em dia de Maracanã lotado, Flamengo bate o Internacional por 2 a 0 com gols de Lucas Paquetá e Everton Ribeiro e segue líder.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget