Flamengo x Emelec: Gepe aposta em barreiras para evitar invasões

ESPORTE INTERATIVO: O Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (Gepe) aposta em "reviver" esquema de segurança da Copa do Mundo de 2014 para tentar evitar invasões no Maracanã. Com o trauma das cenas de violência da final da Copa Sul-Americana 2017 na memória, as autoridades apostam em barreiras físicas no entorno do estádio para bloquear ao menos parcialmente torcedores sem ingressos de se aproximarem dos portões do estádio.

O primeiro teste será nesta quarta-feira (16), no jogo entre Flamengo e Emelec, pela Copa Libertadores, quando algumas das principais vias no entorno do estádio serão fechadas, como a Avenida Maracanã e a Rua Eurico Rabelo. A estratégia fez o clube carioca negar ao rubro-negro um dos atrativos do plano de sócio-torcedor, a comodidade do cartão-ingresso para fugir das filas. Para a partida desta noite, quase 30 mil pessoas serão afetadas. Para o tenente-coronel Silvio Luiz, comandante do Gepe, a medida é eficiente.

Foto: Divulgação
"Esse é um entendimento de todos os órgãos que trabalham na área externa. O modelo com as barreiras de verificação é o mais eficaz. É por conta do comportamento do torcedor. Tivemos três jogos do Flamengo com mais de 50 mil pessoas e nenhum grande incidente, porque só foi para o jogo quem possuía ingresso", disse ao Esporte Interativo o tenente-coronel, que lembrou das cenas lamentáveis vistas antes, durante e depois de Flamengo x Independiente-ARG, na final da Copa Sul-Americana, no último dia 13 de dezembro.

"Quando você tem um grupo de 8 mil pessoas que não tem ingresso tentando entrar no estádio, a ação da polícia deixa de ser preventiva para ser repressiva. Não dá para fazer prevenção com 5 ou 8 mil pessoas tentando uma invasão. É uma situação que é ruim para todos", completou o comandante do Gepe.

Este cerceamento aos torcedores ainda não é definitivo. O jogo desta noite servirá de teste para o novo plano, que só será adotado em jogos comprovadamente de apelo fora do normal, como decisões ou finais de campeonato, por exemplo. Tanto que o Flamengo x Vasco da sexta rodada do Brasileirão, no próximo sábado (19) terá procedimento normal.

Tentando uma alternativa para os jogos de grande apelo, a PM terá um problema: a procura abaixo do esperado por ingressos. Somente 36 mil bilhetes de uma carga de 50.510 foram comprados. A expectativa das autoridades para a partida é de um público total de 50 mil. Para tentar garantir a segurança dos torcedores, o Flamengo trabalhará com 707 profissionais na segurança privada. O Gepe trabalhará com um efetivo de 405 policiais.

Para a partida desta noite, quase 30 mil pessoas serão afetadas. Para o tenente-coronel Silvio Luiz, comandante do Gepe, a medida é eficiente.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget