Fluminense vende clássico contra o Flamengo para o Mané Garrincha

DRIBLE DE CORPO: A agenda do Mané Garrincha sofreu adaptações nesta segunda-feira e o clássico entre Fluminense e Flamengo, em 7 de junho, às 20h, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro, está confirmado para Brasília. De volta ao Distrito Federal após uma viagem ao exterior, o secretário de Esporte e Turismo do Distrito Federal, Jaime Recena, entrou em acordo com os organizadores de outros dois eventos marcados para a semana do Fla-Flu e encerrou o impasse. O mando de campo é tricolor.

O calendário do Mané Garrincha tinha reserva para um evento do Banco do Brasil e para a conferência evangélica G12 Brasil — Venha Teu Reino, ambas marcadas para a semana do clássico. O blog apurou que o banco cedeu e abriu brecha para a confirmação do clássico. O evento religioso continua agendado para os dias 8 e 9 de junho, ou seja, nos dois dias seguintes ao clássico.

Foto: Gilvan de Souza
Promotor do Fla-Flu, o ex-jogador Roni, com passagem pelos dois clubes, recebeu sinal verde para a realização do clássico na noite desta segunda-feira. O empresário apresentou solicitação formal na última sexta e aguardava apenas a resposta para oficializar o evento.

O mando de campo é do Fluminense. Como divulgado aqui no blog no último domingo, o presidente tricolor, Pedro Abad, havia autorizado os organizadores do jogo a negociarem a realização do jogo fora do Rio. De acordo com as regras da CBF, o Flamengo e as federações carioca e candanga precisam concordar para que o departamento técnico da CBF oficialize a mudança na tabela do Campeonato Brasileiro. Todas as partes envolvidas aceitaram.

No Conselho Técnico deste ano do Campeonato Brasileiro, os clubes votaram pela liberação da realização de jogos fora do estado dos clubes e estabeleceram regras. Cada time pode vender no máximo cinco mandos de campo. É proibido negociá-los nas últimas cinco rodadas.

Não é a primeira vez que o novo Mané Garrincha receberá o Fla-Flu. Em 21 de fevereiro de 2016, a arena abrigou a vitória rubro-negra por 2 x 1, gols de Willian Arão e de Paolo Guerrero. Em fevereiro, a realização do primeiro Fla-Flu do ano, pela Taça Rio foi vetada pelo GDF. Na época, as dependências do Mané Garrincha estavam cedidas ao Fórum Mundial da Água. Consequentemente, o clássico foi disputado na Arena Pantanal, em Cuiabá.

, Pedro Abad, havia autorizado os organizadores do jogo a negociarem a realização do jogo fora do Rio.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget