Jonas cresce e faz o Flamengo não sentir a ausência de Cuéllra

GLOBO ESPORTE: O desfalque de Cuéllar contra o Atlético-MG abriu brecha, novamente, para Jonas. Titular contra no sábado, o camisa 14 voltou bem ao time, foi peça fundamental na ajuda aos jovens zagueiros Thuler e Léo Duarte e um dos destaques do sistema defensivo.

Contra o Galo, Jonas roubou nove bolas, desarmou outras duas vezes os adversários e foi o maior ladrão em campo. No Brasileiro, em quatro jogos, foram 18 roubadas de bola. Números que lhe renderam uma vaga na seleção da rodada do Cartola F.C.

Os números também apontam uma mudança no perfil do volante. Com o histórico de jogador violento, ele tem trabalhado para mudar o rótulo. Cometeu apenas uma falta contra o Atlético-MG. E cinco, ao todo, no Campeonato Brasileiro.

- O desarme sempre foi uma de minhas virtudes. Procuro treinar bastante algumas técnicas que desenvolvi ao longo da carreira para me aperfeiçoar mais nesse quesito. Tenho evitado faltas desnecessárias e usado mais da paciência na hora de dar o bote. Somos um time que gosta de trabalhar com a bola no pé. Por isso, roubar bolas tem sido essencial para a nossa proposta de jogo. Fico muito feliz em poder ajudar neste sentido.

Volantes do Flamengo - Foto: Pedro Vilela/Getty Images
Titular no começo da temporada, Jonas perdeu a vaga para Cuéllar no início do trabalho de Barbieri. O que não significa que ele não vem jogando. Dos 13 jogos sob o comando do treinador, esteve em campo em oito. É sempre uma opção quando o treinador usa dois volantes.

Apesar de não ter a mesma qualidade do colombiano na saída de bola, o camisa 14 faz o simples e não costuma errar passes. Contra o Atlético-MG, por exemplo, ele acertou 19 das 20 tentativas.

A titularidade contra o Bahia, na quinta, ainda é incerta. Presente na lista de 35 da Colômbia para a Copa, Cuéllar segue treinando no Ninho do Urubu e aguarda liberação da federação para jogar.

- Venho trabalhando muito no dia a dia para estar na minha melhor forma e poder ajudar o Flamengo quando acionado. Fico muito contente pela vitória de sábado e pela atuação - comemorou Jonas.

Seleção do Cartola F.C.

A boa atuação e os números na vitória sobre o Atlético-MG renderam a Jonas uma vaga na seleção da rodada do Cartola F.C. Com 13,50 pontos, o volante foi um dos maiores pontuadores do fantasy game no fim de semana. Ele foi escalado por 41.429 cartoleiros.

- Espero que a torcida do Flamengo siga me escalando. Mas isso, sinceramente, não importa muito. O fundamental é entrar em campo focado para ajudar o Flamengo. É somente nisso que penso quando o juiz apita.

No Brasileiro, em quatro jogos, foram 18 roubadas de bola. Números que lhe renderam uma vaga na seleção da rodada do Cartola F.C.


Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget