"O Flamengo é imenso e a torcida é unica", diz Cuéllar

ESPORTE INTERATIVO: Que Cuéllar vive grande fase, está perto de disputar a sua primeira Copa do Mundo na carreira e quer ficar por mais tempo no Flamengo, isso não é mais segredo para ninguém. Morador do Rio de Janeiro há pouco mais de dois anos (chegou ao clube em janeiro de 2016), o colombiano, é claro, adquiriu o estilo carioca de ser com o passar do tempo. Desde apreciador de carne brasileira, o famoso churrasco, a estranhar a forma como os cariocas comem feijão.

Na última semana, Cuéllar recebeu a equipe do Esporte Interativo no Ninho do Urubu e, de forma bem descontraída, “desarmou” todas as perguntas com bom humor. Além disso, o colombiano aprendeu o significado da palavra gíria e fez uma "análise" dos jogadores do Flamengo: elegeu o mais feio, o mais engraçado, o mais bonito e o mais mal humorado. O jogador também falou de assuntos que fogem do tradicional campo e bola.
Cuéllar sorrindo no Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
Praticamente um carioca?
"Sou colombiano (risos). Eu estou falando coisas e as pessoas às vezes falam que não tenho sotaque. Muito importante aprender outra língua".

Palavra mais difícil em português?
"(Risos). Não posso falar. Na verdade, essa foi a mais fácil. Falei em coletiva (risos). Tem palavras que ainda não conheço".

Qual foi a gíria mais difícil?
"Gíria? Que isso? Essa é uma palavra que ainda não conheço. Pô... Brother... Brother Julio (Cesar) falava direto".

Qual é o hábito mais estranho do carioca?
"Eu não faço, mas comer feijão o dia todo. No almoço, no café, no jantar... isso me chamou muito atenção. Eu não faço isso (risos)".

Qual comida que mais gostou?
"Churrasco. A carne do Brasil é maravilhosa. Quando saio para comer nos restaurantes, eu peço carne".

E qual música te chamou atenção?
"Gosto de pagode. Vinicius (Junior) sempre coloca no vestiário Ferrugem, que parece comigo (risos). Coisas assim. Funk... músicas cariocas são bonitas. Sertanejo também gosto muito".

Jogador mais engraçado do elenco?
"Rodinei (risos). Ele tem uma história todos os dias. Eu chego no vestiário e já quero zoar para rir dele. Ele é o cara mais engraçado de todos".

E quem é mais mal humorado?
"Eu (risos). Eu me considero. Juan e Diego são caras mais sérios".

O mais bonito?
"Eu. (Risos) Se eu não me achar bonito, quem vai?"

O que achou da imprensa brasileira?
"Muito diferente. Lá (Colômbia) é um país menor. Não vive futebol como os brasileiros vivem. Eu acho que a imprensa faz parte do futebol brasileiro para o bem. Tem caras que são bons e ruins, mas a imprensa brasileira faz bem para o futebol mundial".

Pergunta mais estranha que já respondeu?
"Quem é o jogador mais feio do Flamengo. (Risos). Não teve isso de mais estranha".

Papel da assessoria de imprensa do Flamengo. Eles te ajudam?
"Ajuda, é claro. O cara que está do meu lado é um fenômeno. Marcelinho (Marcelo, assessor de imprensa do Flamengo) é um fenômeno. Na verdade, na Colômbia não tem. Acho importante".

O Flamengo é?
"Imenso".

A torcida do Flamengo é?
"Única".

Essa entrevista foi?
"Muito boa".

O jogador também falou de assuntos que fogem do tradicional campo e bola.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget