"Parabenizei os jogadores pela classificação", diz Barbieri

São oito partidas de invencibilidade do Flamengo, não do Maurício. Não levo como uma marca minha, mas sim da equipe, da comissão técnica.

SITE OFICIAL DO FLAMENGO: Na noite desta quinta-feira (10), o Flamengo empatou em 0 a 0 com a Ponte Preta pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Graças à vitória por 1 a 0 no jogo da ida, o Rubro-Negro avançou à próxima fase. Após o duelo, o técnico Maurício Barbieri falou com a imprensa em entrevista coletiva no Maracanã e comentou a atuação do time.

“Em situações como a de hoje, vamos ter que achar soluções. Apesar da Ponte Preta estar em desvantagem, eles se fecharam e vieram jogando por uma bola. Eles até acharam essa chance e conversamos sobre isso no vestiário. Não jogamos como gostaríamos, queríamos que a partida fluísse mais. Vamos conversar e encontrar formas de agir e resolver situações como essas. A equipe deles já havia sido conservadora no Moisés Lucarelli e hoje também, mas conseguimos finalizar até mais aqui no Maracanã. Nem sempre as coisas vão encaixar, mas não deixamos de tentar criar oportunidades”, avaliou Barbieri.

Jean Lucas, Henrique Dourado e Maurício Barbieri no Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
“O Internacional veio com a mesma postura e conseguimos achar espaços. (O resultado) tem mais a ver com o ritmo que conseguimos imprimir. Tivemos o domínio de jogo e a posse de bola, mas são coisas que acontecem. Parabenizei os jogadores pela classificação e nos mantemos vivos em todas as competições, é nisso que precisamos pensar”, disse Maurício.

Comentando sobre a atuação de Everton Ribeiro, o treinador elogiou o camisa 7. 

“Temos conversado para ele se aproximar e atuar mais para dentro em alguns momentos. É um jogador que vem crescendo bastante nos últimos confrontos e o gol no último jogo mostra isso. Ele está em uma crescente e a equipe toda também. Não fizemos o jogo que gostaríamos, mas o time está melhorando cada vez mais”, disse o técnico.

Com o resultado, o Rubro-Negro chega a oito jogos sem perder sob comando de Maurício Barbieri. Ele, porém, não pega o mérito apenas para si. 

“São oito partidas de invencibilidade do Flamengo, não do Maurício. Não levo como uma marca minha, mas sim da equipe, da comissão técnica como um todo. Isso me deixa satisfeito e feliz para seguirmos trabalhando e buscando mais vitórias”, comentou.

O Flamengo volta a campo no próximo domingo (13), quando enfrenta a Chapecoense, às 16h, na Arena Condá, em Chapecó (SC). Pela Copa do Brasil, o Mais Querido aguarda sorteio para saber o adversário das quartas de final, mas joga apenas após a parada da Copa do Mundo.

Pensando no próximo duelo pelo Brasileirão, Barbieri completou falando sobre poupar ou não o elenco em Chapecó. 

“Vamos avaliar os jogadores agora para ver se alguém está desgastado, se há risco de lesão. Assim decidiremos se vamos poupar alguém. Estamos avaliando também os atletas que voltam de lesão e o departamento médico poderá liberá-los ou não para domingo”, concluiu.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget