Ponte para o superávit

FALANDO DE FLAMENGO: Por Sorín

Esse é o prêmio para o Campeão da Copa do Brasil em 2018. E isso sem contar toda a grana acumulada a cada passagem de fase e bilheterias. Comparando, o Brasileirão e a Libertadores pagam uma merreca para os seus conquistadores. 18 milhões o primeiro e um pouco menos de 20 a competição continental.

Nem vale a pena discutir porque tamanha discrepância de premiação nas duas disputas organizadas pela CBF. Sabe-se lá os motivos, mas Administração Sete a Um que se preze tem mesmo que “organizar” as coisas desse jeitinho peculiar.

Foto: Divulgação
Só de olhar essa montanha de dinheiro deve ter Smurf se coçando todo de emoção. Apesar da possibilidade de, após o circo eleitoral no final da temporada, nenhum Blue estar por lá para aproveitar mal a grana para o futebol, em detrimento da pá de boletos que dá pra pagar com essa bolada.

O Flamengo analisa a parafernália clínica para decidir quem será poupado nesse jogo contra a Ponte. A tendência é que saiam Juan e Diego (lesionado), para a entrada de Léo Duarte e Geuvânio. Esse último, diga-se de passagem, deve estar fazendo treinos maravilhosos na Era Barbieri. A preocupação é com o desgaste físico das duas longas viagens feitas na última semana para Colômbia e Fortaleza, além do esforço demandado para se esquivar das torrenciais chuvas de pipoca que se abateram sobre o elenco em tudo quanto é aeroporto.

Cuidados físicos são inevitáveis, apesar da suma importância da partida. Um tropeço logo na primeira das oitavas apaga toda a trégua que vem ocorrendo após a boa (e obrigatória) exibição no jogo contra o Ceará, e leva outra vez o povo para as suas cozinhas com milho e manteiga, com posterior passagem pela feira para comprar algumas bananas.

Do lado de lá… Do lado de lá… A Ponte tem semana cheia com o Clássico do próximo sábado contra o Guarani pela Segundona. Os rivais começaram mal e Campinas contabiliza 1V e 2D nas três primeiras rodadas tanto para a Macaca quanto para o Bugre. Quatro reforços contratados recentemente não poderão atuar por conta de já terem jogado por outras equipes na competição (não iam consertar essa bagaça?). Dois zagueiros, um meia e um atacante.

Como dito no pós-jogo na segunda aqui no Boteco, mais um confronto de dificuldade no máximo mediana dentre outros que teremos nas próximas semanas. É o tipo do destino bom e ruim ao mesmo tempo. Se por um lado serve para amenizar (em teoria) a crise e dar paz para o elenco trabalhar, por outro pode mascarar a real situação e prolongar o “pranejamento” baseado na metodologia científica do Vamos Levando.

Como nosotros não dirigimos o treco e também não jogamos…

Bora torcer.

Isso aqui é Flamengo.

PETISCOS
. TRABALHO ESCRAVO. Três viagens em dez dias. “Coitados” dos nossos jogadores. Como podem suportar essas condições desumanas de alimentação e estadia, e ainda em troca de salário tão baixo? Nutellas de todo o mundo, uni-vos.

. DISCORDAMOS. Sobre o torcedor lá do jogo contra o Ceará que declarou que é mais gostoso abraçar o Diego que a própria esposa. Fomos (de forma curiosa e machista) checar o visual da nossa querida Polyanna e o veredicto não revogável é: ERRADO**

. DE NOVO? E não é que Juninho Pernambucano conseguiu falar m* mais uma vez? Já, já perde o bom emprego. O cara é eternamente assombrado pelo Flamengo. Representante mui digno da Arcoirizada.

. MAIS ASSOMBRO. Falando nisso… Gum também participou do Odiamos o Fla da semana. Mimizou o pênalti não marcado contra o São Paulo, fazendo dupla afinada de Choranejo com o Abel… E tinha que lembrar do Flamengo. Pobre gente.

. CHEGOU HOJE? Rubens Lopes, após 500 anos de mandato e com “eleição” já ganha e cargo mantido até 2023, disse que “quer estádios mais cheios no Carioca”. Demorou meio século pra se preocupar com o básico. E quando chegar janeiro de 2019 já esqueceu do projeto.

**NOTA MACHISTA DA REDAÇÃO: Há que se levar em consideração, caso alguém mais vá averiguar, que aqui no Boteco não somos cachorros, mas adoramos um osso.

MESA DA ARCOIRIZADA
. ME DÁ UM DINHEIRO AÍ. Com déficit de 23 milhões nas finanças em 2017, o Vasco já teve antecipação de cotas de TV até 2021. Só o montante do atual ano é de 92 % já usados.

. MUDANÇA DE ARES. Se o Botafogo sempre teve fama de ser um clube meio azarado, esse ano não tem muito do que reclamar. Com o título que era possível na temporada já no bolso, impressiona a quantidade de gols nos acréscimos que vem marcando.

. TROCA-TROCA. Eh… Sem querer desmerecer o trabalho de ninguém, mas ainda dá tempo de trocar o Dourado pelo Pedro? (sabemos que de qualquer forma o Manto iria pesar igualmente)

MESA DA VODKA
. FAÇAM SUAS APOSTAS. O CIES (Centro Internacional de Estudo do Esporte), analisando os desempenhos dos principais “convocáveis” das seleções da Copa em seus clubes desde julho de 2017, aponta pela ordem de favoritismo: Espanha, Brasil, França, Alemanha e Inglaterra.

O Flamengo analisa a parafernália clínica para decidir quem será poupado nesse jogo contra a Ponte.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget