Ritmo de jogo faz Tite preferir Paquetá e mais 7 do Brasileirão

UOL: A lista extra de Tite com 12 jogadores suplentes para a Copa do Mundo, divulgada pelo UOL Esporte na última sexta-feira (24), é dominada por jogadores do futebol brasileiro e há uma razão para isso. A preferência da comissão técnica de Tite foi por atletas que seguissem em atividade, diferentemente dos 'europeus', que já entraram de férias. 

Por isso, além de definir os 23 principais, a seleção também escolheu no último dia 14 aqueles que estariam de 'stand by', mas prontos para reagir rápido a alguma eventualidade.

Nesta lista, há oito atletas do futebol brasileiro: Dedé (Cruzeiro), Rodrigo Caio (SP), Maicon, Arthur e Luan (Grêmio), Rodriguinho (Corinthians), Paquetá (Flamengo) e Dudu (Palmeiras). Três deles nunca estiveram em listas de Tite - Dedé, Maicon e Paquetá chamaram a atenção por apresentações recentes.

Lucas Paquetá em Flamengo x Vasco - Foto: Gilvan de Souza
Por outro lado, apenas quatro 'europeus' integram a lista. São jogadores que, até o momento final, disputaram de forma mais acirrada um lugar entre os 23 convocados, mas que acabaram fora. Na visão da comissão técnica, porém, eles são superiores aos concorrentes do futebol brasileiro, e por isso foram as 'exceções'. São eles: o goleiro Neto (Valencia), Rafinha (Bayern), Alex Sandro (Juventus) e Giuliano (Fenerbahce).

A partir da última sexta, porém, essa lista de suplentes perdeu efeito. A CBF enviou à Fifa os 23 nomes definitivos para a Copa, e a partir de então só poderá fazer substituições no elenco em caso de lesão comprovada. Nesse caso, há uma informação importante: Tite não é obrigado a escolher esse eventual substituto da lista extra. O treinador estará livre para chamar qualquer um caso precise cortar algum machucado.     

O envio dessa lista final, também vale lembrar, poderia ser feito até o dia 4 de junho, mas o coordenador Edu Gaspar se viu em uma saia-justa. Caso não o fizesse, tiraria condição de jogo dos oito atletas do futebol brasileiro na rodada do próximo fim de semana. Assim, optou por realizar esse procedimento com a Fifa.

Apostas despencaram. Luan frustrou Tite, mas seguiu

O surgimento das novidades Dedé, Maicon e Paquetá como, de certa forma, aspirantes à Copa do Mundo, mostra como algumas apostas de Tite durante as temporadas 2016 e 2017 não se transformaram em opções reais para o momento da convocação. São os casos de Gabigol, Diego, Lucas Lima e Diego Souza, principalmente, que não vivem boas temporadas em seus clubes.

O nome de Luan, por outro lado, é uma surpresa. O jogador não estava bem cotado com Tite, principalmente, por não cumprir um papel que havia se prontificado a realizar em treinamento e jogo em novembro. Além disso, o treinador não avaliou de maneira positiva provocações feitas por ele para Sasha depois de vencer a Copa Libertadores pelo Grêmio.  Ainda assim, lembrou do jogador, eleito melhor das Américas em 2017, na lista de suplentes. 

São os casos de Gabigol, Diego, Lucas Lima e Diego Souza, principalmente, que não vivem boas temporadas em seus clubes.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget