Sensibilizado por punição, Godín revela conversa com Guerrero

FUTEBOLATINO: Capitão do Atlético de Madrid e seleção uruguaia, Diego Godín manifestou solidariedade ao atacante Paolo Guerrero, do Peru, que foi suspenso pelo TAS por 14 meses e consequentemente ficou fora da Copa do Mundo.

Durante entrevista coletiva, o defensor revelou que conversou com o atacante do Flamengo nos últimos dias e fez questão de tranquilizar o ídolo peruano.

“Ele (Guerrero) necessita de muita força e o melhor que pude fazer foi conversar com ele e demonstrar meu apoio. Na minha visão, a pena foi injusta e torço para ele ter a chance de jogar a Copa”, declarou.

Guerrero, Suarez e Cavani em Uruguai x Peru - Foto: Leonardo Fernandez
Um dos motivos que fez Godín entrar em contato com Guerrero foi a semelhança com Luis Suárez. Em 2014, o atacante uruguaio foi suspenso após morder o ombro do zagueiro Chillini, durante o jogo entre Uruguai e Itália, na Copa do Mundo.

“Fiquei sensibilizado com o caso por me lembrar do Suárez, que recebeu uma punição no último Mundial e nos prejudicou muito”, finalizou.

Durante entrevista coletiva, o defensor revelou que conversou com o atacante do Flamengo nos últimos dias e fez questão de tranquilizar o ídolo peruano.


Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget