STJD nega tentativa de eliminação da Ponte Preta pelo Náutico

O clube pernambucano, que já teve Notícia de Infração arquivada pela Procuradoria, entrou desta vez com Medida Inominada.

ESPORTE INTERATIVO: O Superior Tribunal de Justiça Desportiva negou nesta terça-feira (8) o pedido do Náutico para cancelar a partida entre Flamengo e Ponte Preta, no Maracanã, na próxima quinta-feira (10), pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Quem tomou a decisão foi o presidente da entidade, Ronaldo Piacente, que colocou como condição para a suspensão do jogo "inequívoca prova de irregularidade".

O clube pernambucano, que já teve Notícia de Infração arquivada pela Procuradoria, entrou desta vez com Medida Inominada. Piacente determinou ainda que o processo será julgado na próxima sexta-feira (11), em Brasília.

Rodinei durante Ceará x Flamengo - Foto: Staff Images
Tentando reverter a eliminação na última fase da Copa do Brasil, o Náutico alega que o atacante Júnior Santos (que fez gol no jogo de ida) e o lateral direito Igor, hoje na Ponte, não poderiam jogar. A conclusão é pelo fato de os atletas terem sido relacionados pelo Ituano-SP na primeira fase do torneio, quando ficaram no banco de reservas na partida da equipe paulista contra o Uberlândia-MG.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget