"Valeu a torcida do Flamengo pagar pelo ingresso", diz Bárbara

SPORTV: O Flamengo, com uma boa atuação coletiva, venceu por 2 a 0 o Bahia nesta quinta-feira, no Maracanã. Mas houve um destaque que saiu de suas características: Renê. Defensivo por natureza, deu passe para os dois gols em jogadas que ajudou a construir. Por isso, foi exaltado pelos comentaristas que participam do Troca de Passes desta quinta.

- Flamengo mostrou para a torcida que valeu a pena pagar pelo ingresso. Jogou com intensidade. O Flamengo definiu o jogo no primeiro tempo. E que partida do Renê - exclamou Bárbara Coelho.

Roger Flores, comentarista da partida pelo Premiere, repetiu o que fez durante o duelo. Tratou Renê como o melhor em campo desde o primeiro tempo.

- Destaque para o Renê, que sempre foi mais inibido na parte defensiva e criou muitas possibilidades de gols. Participou das duas jogadas dos gols e iniciou as duas. Só não as terminou porque foi o assistente.

Lucas Paquetá, Everton Ribeiro e Jonas comemorando gol do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
Questionado pelo narrador Gustavo Villani se concordava que o jogo foi equilibrado, com uma equipe mandando em cada etapa, Roger discordou.

- Eu não acho que o jogo foi um tempo de cada, o primeiro tempo foi só do Flamengo, onde o time construiu sua vitoria, principalmente nos últimos cinco minutos. E o segundo tempo foi um jogo jogado e que poderia sair gols para os dois lados. O Bahia adiantou a marcação, mas deu espaços para que o Flamengo criasse. Foi um jogo igual no segundo tempo.

Roger Flores ainda criticou a postura extremamente defensiva do Bahia nos 45 minutos, e Edinho fez coro com o uso de uma metáfora.

- O Bahia não pode se apequenar diante de nenhum rival, ate porque o time é leve, com mobilidade e tem qualidade técnica. O primeiro tempo foi jogado só no campo do Bahia, você reduz o espaço a 50 metros. A imagem deixava isso claro - afirmou Roger.

- Não adianta você jogar de leão em casa e de gatinho fora. Não adianta tentar se impor em casa. Não tem time para ser leão no Maracanã, mas pode fazer o que fez no segundo tempo. Se saber que vai tomar o gol se ficar recuado, vamos para o jogo - explicou Edinho.

Por fim ao comentar o primeiro gol, Roger viu sorte de Diego, mas exaltou o fato de o meia não desistir da jogada.

- A finalização do Renê é ruim, ele tentou de bico, e sobra para o Diego, que tenta domina de esquerda e fica atrás, mas como está em velcoidade, a perna direita traz a bola e ele consegue. Mérito por ele ter acompanhado a jogada. É sorte? É sorte, mas sorte para quem tenta.

Roger Flores repetiu o que fez durante o duelo. Tratou Renê como o melhor em campo desde o primeiro tempo.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget