ESPN e Fox se superam: "Barbieri nunca venceu o Corinthians"

ESPN: Mesmo com pouca idade (36 anos) e “curta” experiência no futebol nacional, Maurício Barbieri, atual treinador do Flamengo, já vê o Corinthians, adversário deste domingo, como um velho conhecido. O comandante do clube carioca terá o Timão pela frente na nona rodada do Campeonato Brasileiro, às 16h00 (horário de Brasília), em pleno Maracanã.

Isso porque Barbieri já comandou a equipe principal do Red Bull Brasil, baseada em Campinas, do final de 2013 até o encerramento de seu contrato, em 2016. Com isso, enfrentou o Corinthians por duas vezes, sem nunca ter saído com a vitória: empate em 2015 e goleada do Timão no ano seguinte.

Foto: Screenshot / Fox Sports
Em 14 de março de 2015, o RB Brasil foi até a Arena de Itaquera para encarar os donos da casa, pelo Campeonato Paulista daquele ano. Em um jogo de maior pressão dos mandantes, que se preparavam para a disputa da Libertadores, o placar não foi alterado: 0 a 0.

O fato curioso da partida ficou marcado pelo reencontro de Lulinha – tido como uma das maiores promessas do Corinthians nas categorias de base, sem nunca ter “traduzido” tal desempenho para o profissional – com o antigo “Terrão”, centro de treinamentos dos garotos corintianos, onde foi construído o estádio de Itaquera.

Em 16 de abril de 2016, entretanto, o cenário era outro. Novamente na Arena de Itaquera, o Timão recebeu o Red Bull Brasil de olho em uma vaga nas semifinais do Campeonato Paulista daquele ano. Dessa vez, a equipe do Parque São Jorge não deu sopa ao azar e, para a infelicidade de Barbieri, goleou o time de Campinas por 4 a 0, garantindo um lugar entre os quatro melhores daquele torneio, que seria vencido pelo Santos.

Os gols da partida foram marcados por Giovanni Augusto, de voleio, André, Alan Mineiro e Lucca, responsáveis pela eliminação do RB na competição. O clube campineiro, aliás, contava em seu onze inicial com um atual membro da equipe corintiana: Roger.

O atacante, então com 31 anos, foi para o Red Bull Brasil depois de uma apagada passagem pelo Bahia. Na partida, foi discreto: não ofereceu perigo ao gol de Cássio, atualmente companheiro de elenco, e restou-se a motivar sua equipe no intervalo. “Não jogamos. Vamos tentar melhorar para pelo menos não sair daqui com um vexame”, afirmou o jogador na ocasião.

Depois de sua estadia no clube campineiro, Mauricio Barbieri passou por Guarani, Desportivo Brasil e pela comissão técnica do próprio Flamengo. Agora, antes do duelo contra Corinthians, o treinador espera e trabalha para que seu retrospecto diante do Timão não entre no gramado do Maracanã, a fim de, finalmente, sair com a vitória.

Mauricio Barbieri passou por Guarani, Desportivo Brasil e pela comissão técnica do próprio Flamengo.


Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget