Fernando Uribe: Faro, golaços e boa técnica

GLOBO ESPORTE: A busca por um camisa 9 acabou. O colombiano Fernando Uribe chega ao Flamengo nos próximos dias para disputar posição com Dourado e suprir a venda de Vizeu e a provável saída de Guerrero. Aposta que surpreendeu muita gente, mas não aos mais atentos ao futebol latino americano. Pouco conhecido no Brasil, o atacante vem de temporadas sólidas no México.

Mas quem é Fernando Uribe? Entrevistamos jornalistas colombianos e mexicanos, conversamos com agentes do futebol sul-americano e buscamos números do atacante.

Centroavante canhoto, de 30 anos, típico camisa 9, com rodagem por grandes clubes colombianos, discreta passagem pela Itália e sucesso no futebol mexicano. Fernando Uribe vive seu melhor momento na carreira.

Desde 2015 no México, Uribe marcou 61 gols em 116 jogos e foi o principal artilheiro do Toluca nas últimas tres temporadas. Na mais recente edição do Campeonato Mexicano, marcou 9 gols e ajudou o Toluca a chegar à decisão. O time foi vice-campeão ao ser derrotado pelo Santos Laguna na final.


Com contrato no fim, Uribe chega ao Flamengo sem custos de aquisição. O colombiano não teve seu contrato renovado. O motivo? Segundo a imprensa mexicana, a relação com o técnico argentino Rolando Hernán não é boa. Por isso o clube abriu mão de seu artilheiro.


Faro, golaços e boa técnica

Engana-se, no entanto, quem acha que ele é apenas um jogador de área. Apesar do faro de gols e do bom cabeceio, o centroavante, de 1,81m, sabe sair para buscar o jogo e é relativamente veloz. Tanto que nos primeiros anos de carreira na Colômbia chegou a ser escalado como homem de lado no Atlético Nacional por Juan Carlos Osório, atual técnico do México.

- É um camisa 9 clássico, técnico, goleador, com pegada. É um jogador que sabe trabalhar fora da área, mas não é um driblador. Uribe faz muitos gols. De negativo, apenas o fato de ser inconstante. Ele pode fazer três grandes partidas seguidas de três partidas apagadas – descreveu o jornalista colombiano Diego Saviola, da Rede Caracol.

Em abril, na goleada por 4 a 1 sobre o Tijuana pela fase final do Mexicano, Fernando Uribe marcou três gols. O segundo deles, uma pintura de bicicleta. Mas foi um outro lance, contra o Morella, que foi eleito o gol mais bonito da temporada mexicana. Veja acima.

Uribe tem características diferenças das de Dourado, seu principal concorrente no Flamengo. Talvez não tenha a mesma presença de área pela estatura, mas movimenta-se mais e tem qualidade para isso, segundo jornalistas mexicanos.

    - Fernando Uribe é um atacante ágil. Não é tosco, sabe voltar e se mover próximo à área. Ele não é um centroavante estático e gosta muito de participar do jogo e cair pelos lados. Dentro da área tem uma boa capacidade goleadora.

- Fez gols em momentos importantes. Por vezes, por não ser um atacante lento, se sacrifica e pode ajudar na marcação - analisou o jornalista mexicano Ezequiel Gasca, que acompanhou Uribe de perto nas últimas três temporadas.

Para Alberto Villanueva, da Fox mexicana, Uribe vivia seu melhor momento no país e vai deixar saudade no Toluca.

- Uribe demorou um pouco a ser acostumar com a altitude de Toluca (2.500 metros) e sofreu algumas lesões musculares no início. Sua melhor temporada foi o Clausura que terminou em maio. Marcou 9 gols. Ele foi realmente importante. Creio que vai fazer muita falta ao Toluca, porque sem dúvida foi fundamental com gols importantes.

- Não é um nome que brilha em todas as partidas, mas é sempre participativo, busca o jogo. Sua capacidade de cabeceio é incrível, sua colocação é muito boa. Marcou gols muito bonitos que vão ficar na memória dos torcedores do Toluca. É um jogador muito disciplinado e trabalhador - elogiou Villanueva.

Passagens discretas por Itália e seleção

Casado, com duas filhas, natural de Pereira, Uribe passou por pequenos clubes colombianos até chegar ao Once Caldas. Os 24 gols em 2010 o levaram a ser chamado pelo técnico Hernán Gomez para dois amistosos da seleção colombiana e despertaram o interesse do Chievo.

Partiu para a Itália em janeiro de 2011, mas passou duas temporadas no banco e foi titular em apenas quatro jogos. O momento ruim o afastou da seleção colombiana, e Uribe nunca mais foi convocado.

De volta à Colômbia, conquistou títulos com o Atlético Nacional, de Juan Carlos Osório, mas explodiu no Millionários. Em 2015, marcou 15 gols em 23 jogos e foi contratado pelo Toluca.

Uribe tem características diferenças das de Dourado, seu principal concorrente no Flamengo.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget