Flamengo busca nova glória e outro patamar para e-sports

SPORTV: "É meu maior prazer vê-lo brilhar, seja na terra, seja no mar"... Ou no League of Legends! Chegou a hora da nação rubro-negra brigar por título também na elite do esporte eletrônico brasileiro. Após criar um projeto próprio, sem parceria com outras organizações do ramo, e buscar o acesso no Circuito Desafiante, o Flamengo inicia mais um desafio de sua centenária história.

O hino diz que "no Fla-Flu é o Ai, Jesus", e no e-sport também foi. A chegada ao CBLoL se deu de forma sofrida. Após perder a final do Circuitão para a IDM Gaming e a chance de promoção automática, a equipe teve de disputar a Série de Acesso contra a Team One. Abriu 2 a 0 na série melhor de cinco, permitiu o empate, e vibrou de alívio de maneira dramática no último confronto.

Foto: Bruno Alvares
Dois reforços foram contratados para a equipe titular rubro-negra: o caçador sul-coreano Byeong-hoon "Shrimp" Lee e o meio Bruno "Goku" Miyaguchi. O jogador asiático tem experiência na LCS NA e já atuou por Team Dignitas e NRG, enquanto o midlaner chega após deixar boa impressão na ProGaming.

Porém, o verdadeiro destaque é um flamenguista autêntico. De berço, de Maracanã. Felipe "brTT" Gonçalves, nascido e criado no Rio de Janeiro é o jogador mais popular de League of Legends no país. Agora, representa também o time mais popular e, por ele, tenta conquistar seu quinto título do CBLoL.

A legião de fãs do jogador é de dar inveja a muito jogador de futebol. No Facebook, por exemplo, brTT acumula 671 mil seguidores. No Twitter, são 764 mil. O "Pai", como se auto-intitula, agora terá uma legião ainda maior de "filhos" para tomar conta.

Além da visibilidade por conta do ciberatleta, que atua na posição de atirador, é evidente que a entrada do Flamengo eleva o CBLoL a outro patamar. Será a primeira vez que um clube de futebol terá um projeto independente em ação no torneio. O Corinthians até participou, mas em parceria (já encerrada) com a RED Canids.

O fato de o segundo split ser considerado o principal do Campeonato Brasileiro de League of Legends aumenta ainda mais a expectativa para os rubro-negros. Mesmo para quem não conhece os esportes eletrônicos, dizer que seu time pode disputar um Mundial, seja do que for, é inegavelmente empolgante.

No Circuito Desafiante, já foi possível sentir um pouco da força da torcida flamenguista, que compareceu para a final contra a IDM Gaming, no Rio de Janeiro, em um espaço reduzido. Como seria em um ginásio ou estádio? Os rivais, certamente, não desejam saber.

A caminhada do Flamengo no CBLoL começa no próximo domingo, às 15h (horário de Brasília), contra a IDM Gaming. Na cabeça dos jogadores, sem dúvida um trecho do hino vai se repetir o tempo inteiro: "Vencer, vencer, vencer...".

Na cabeça dos jogadores, sem dúvida um trecho do hino vai se repetir o tempo inteiro: "Vencer, vencer, vencer...".



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget