"Flamengo não precisa ganhar dinheiro em todos jogos", diz Orlean

COLUNA DO FLAMENGO: O Flamengo vem apresentando públicos cada vez maiores no Campeonato Brasileiro. Os setores mais populares disponíveis para a compra dos Rubro-Negros se esgotam antes do dia do jogo. E isso não é um acaso. Em conversa com o Blog Ser Flamengo, Daniel Orlean, Vice Presidente de Marketing do Fla e um dos responsáveis por essa nova política de preços, explica como está sendo possível praticar essa precificação e manter o interesse no Programa Sócio-Torcedor.

– A gente se preocupou em entender como o Flamengo poderia atrair a maior quantidade de pessoas possível, sem abrir mão de suas necessidades orçamentárias. Não é chegar e tomar uma atitude populista: agora é ingresso a 10, 15 reais pra todo mundo. Se a gente faz isso, a gente pode ter jogos cheios, mas pode ter jogos vazios e a gente perderia capacidade de investimento. Porque o programa do sócio-torcedor poderia cair, a meta de bilheteria, que representa 10/11% do número. Ah, mas é um número pequeno, é pequeno mas é a metade que a gente gasta em áreas inteiras do clube. São quatro folhas de pagamento, é 1/3 da folha anual do futebol. Virei noite com um grupo de sócios, fazendo planilhas para chegar numa meta conjunta de bilheteria e sócio-torcedor que mostrasse que eventualmente numa perda de bilheteria, a gente poderia ter o incremento do ST. Que mostrasse uma coisa que venho identificando ao longo dos anos que o Flamengo por ter passado por momentos financeiros muito críticos, adotou uma política de ótimos locais. O que é isso? É a necessidade de ganhar dinheiro jogo após jogo. No início era assim, mas a partir de 2016, já dá pra segurar e entender que o Flamengo não precisa ganhar dinheiro em todos os jogos – explicou o VP.

Daniel Orlean e Alexandre Wrobel - Foto: Divulgação
Orlean ainda deixou claro que ainda existem jogos que serão mais caros e por isso mesmo é interessante participar do programa ST. Porém são esses jogos que propiciam a diminuição de valor que estão ocorrendo.

– Existem um conjunto de oito a doze jogos no ano que nós teremos um valor mais elevado, são jogos de grande apelo e que ser sócio-torcedor se torna interessante. Mas são esses que compensam eu poder cobrar 10 a 15 reais nos outros jogos, como foi o do Bahia, por exemplo -, concluiu Daniel.

Orlean ainda deixou claro que ainda existem jogos que serão mais caros e por isso mesmo é interessante participar do programa ST.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget