Flamengo vota nesta segunda novo acordo pelo Maracanã

GLOBO ESPORTE: O Flamengo vota na noite desta segunda-feira, na sede da Gávea, o acordo de quatro anos e meio com o Maracanã (até o fim de 2022). O contrato já foi assinado, mas é necessária a aprovação do Conselho Deliberativo.

A votação estava prevista para maio, mas foi adiada por questões contratuais. Conselheiros questionaram a participação da Esportecom no contrato. O documento foi refeito e será votado nesta segunda.

O contrato prevê para o Flamengo o pagamento de 15% da renda bruta pelo aluguel, com o teto de R$ 700 mil por jogo, e o mínimo de R$ 200 mil. Nesse caso, para os jogos de menor apelo, o clube pagaria R$ 120 mil. O restante será de responsabilidade da Esportecom, em troca da exploração de áreas publicitárias e camarotes.

Torcida do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
Intermediária do acordo, a empresa se comprometeu a pagar R$ 80 mil fixo por jogo. Desta forma, o custo mínimo do clube seria reduzido para R$ 120 mil por partida. A Esportecom segue no acordo, mas seu nome não consta no contrato que será votado nesta noite.

ACORDO COM O MARACANÃ

- Contrato até o fim de 2022 (quatro anos e meio)
- Valor do aluguel será 15% da renda bruta
- No entanto, o contrato estipula o valor máximo de R$ 700 mil por jogo
- O valor mínimo por jogo será de R$ 200 mil
- Nesse caso, o clube pagará R$ 120 mil
- O restante (R$ 80 mil) será arcado pela Esportecom
- Em troca do pagamento fixo de R$ 80 mil, a Esportecom vai explorar parte dos camarotes e áreas publicitárias
- A multa rescisória para Flamengo e Maracanã é de R$ 6 milhões
- Não há multa em caso de nova licitação ou concessão do estádio
- 25 jogos no mínimo por ano (clássicos estaduais e nacionais, Libertadores e fases decisivas)

Há um otimismo em relação à aprovação, mas também questionamentos. O Flamengo negociou com o Maracanã a redução do aluguel, mas os custos operacionais ainda são considerados altos por parte do conselho. No entanto, o ganho técnico também é levado em conta.

- O Flamengo envidou melhores esforços para obter esse contrato. Depois de exaustivas tentativas, chegamos a um contrato bom para ambas as partes. Melhor seria se o Flamengo fosse o concessionário, mas esse contrato não prejudica que futuramente possamos assumir o estádio – analisou Rodrigo Dunshee, presidente do Conselho Deliberativo.

O acordo com o Maracanã prevê um mínimo de 25 jogos por ano no estádio. Entre eles, os clássicos estaduais e nacionais, todos os jogos da Libertadores, além de todas partidas eliminatórias de outras competições, a partir das quartas de final.

O contrato prevê para o Flamengo o pagamento de 15% da renda bruta pelo aluguel, com o teto de R$ 700 mil por jogo, e o mínimo de R$ 200 mil.


Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget