Gustavo De Conti chega ao Flamengo com aval para contratar

GLOBO ESPORTE: O Flamengo aguardou o fim do Novo Basquete Brasil, agiu rápido e no primeiro dia útil após a conquista do Paulistano anunciou Gustavo De Conti como o seu novo técnico. A chegada do comandante, recém-campeão na equipe da capital, movimenta o mercado do NBB e começa a dar rumos para a temporada Rubro-Negra. De Conti, 38 anos, chega como o head coach do basquete do Flamengo. Ou seja. Será também o responsável pelas diretrizes e decisões das categorias de base ao lado do vice-presidente de esportes olímpicos Alexandre Póvoa e o diretor executivo Marcelo Vido. A ideia é que Gustavinho faça o planejamento da base ao profissional, para que o sistema de jogo do clube não mude da iniciação ao produto final e para que o time, um dos maiores investimentos do basquete nacional, também revele mais atletas.

Desde a saída de José Neto, o Flamengo conversou com quatro treinadores, um deles era Gustavinho. Nenhum, porém, recebeu proposta. Foram sondados. De Conti foi o único que recebeu uma proposta financeira do Rubro-Negro para assumir o cargo. O martelo foi batido no domingo à noite. O comandante do Flamengo entra de férias nesta semana, mas desde antes do anúncio oficial já trabalha com a diretoria na formação do elenco, que tem apenas Anderson Varejão e João Victor com contrato para o NBB 11. Todos os demais jogadores, que tem vínculo até 30 de junho, estão com os nomes na mesa. O ala Marquinhos, cobiçado no mercado, está próximo da renovação por dois anos e ganharia salário próximo da casa dos três dígitos.

Foto: Divulgação
Gustavinho terá também papel importante na formação do novo grupo. Arthur Pecos, que trabalhou com ele no Paulistano, deve permanecer no Flamengo. O treinador terá o aval da diretoria para indicar nomes que será avaliados pela diretoria, que dará o aval e negociará possíveis chegadas ou renovações. O ala pivô Lucas Dias, e o armador Deryk, ambos do Paulistano, interessariam aos cariocas. O primeiro contato do treinador com o Flamengo vai acontecer em julho e não está decidido se haverá uma apresentação formal do técnico. E será também um reencontro com o Rio de Janeiro, já que Gustavinho nasceu na Tijuca, Zona Norte da cidade, e se mudou muito cedo com a família para São Paulo.

No Paulistano, Gustavinho conseguiu o título mesmo com sua equipe estando atrás de no mínimo cinco equipes em questão de investimento. O treinador começou sua carreira nas categorias de base do time da capital paulista, foi auxiliar técnico e depois técnico do time profissional. E tem como uma das marcas lapidar jovens talentos, fazendo contratações sem tanto impacto no mercado, mas que em quadra apresentam resultados. No Flamengo, terá no mínimo o segundo maior investimento do basquete brasileiro, o que gera curiosidade sobre os passos que os cariocas darão na formação do time para o NBB 11.

Ao lado de Gustavo deve chegar o preparador físico Diego Jeleilate, seu braço direito no Paulistano e com trabalho pela seleção brasileira de Rubén Magnano, onde o próprio Gustavo também tinha papel como um dos auxiliares técnicos. Esse foi o único pedido de Gustavinho. Diego, inclusive, cumpria um papel importante de relacionamento com o grupo dentro da equipe da capital paulista, o que deve permanecer na Gávea, uma espécie de gerente, com a parte técnica ficando com De Conti. Sua vinda, porém, depende de acerto financeiro e negociação direta com o Flamengo, o que está em andamento. O restante da comissão técnica de Gustavo De Conti ainda não foi fechada.

Durante toda a final do NBB, Gustavinho fez questão de descartar qualquer conversa sobre o Flamengo. Desde o contato inicial com os jornalistas, já avisou que não conversaria do assunto. O Paulistano, inclusive, emitiu nota falando da permanência do técnico e do contrato por mais um ano. O Rubro-Negro ficou do outro lado esperando por Gustavo. Tinha interesse no técnico desde o início e aguardou o fim do NBB e que ele se acertasse com o Paulistano para então finalizar a negociação.

O primeiro compromisso do Flamengo na temporada é o Campeonato Carioca, caso o torneio seja disputado este ano. Do contrário, o clube tem a Liga Sul-Americana, que dá ao campeão vaga na Liga das Américas, e o Novo Basquete Brasil, que na próxima temporada começa em outubro, um mês antes do início do NBB 10.

Desde a saída de José Neto, o Flamengo conversou com quatro treinadores, um deles era Gustavinho.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget