O paredão do líder

GILMAR FERREIRA: O goleiro Diego Alves levou apenas um gol nos últimos doze jogos que fez pelo Flamengo.

E isso ajuda a explicar o bom momento do líder do Brasileiro da Série A.

Mostra também que no formato dos pontos corridos, a base para a boa campanha é um sistema defensivo bem ajustado.

E a relação do goleiro com o número de gols sofridos é o ponto de referência para o funcionamento da engrenagem.

Diego Alves sorrindo pelo Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
Do 0 a 0 com o Santa Fé, pela Libertadores, em 25 de abril, aos 2 a 0 neste clássico contra o Fluminense, em Brasília, o camisa 1 foi vazado uma só vez.

Precisamente no gol do vascaíno Wagner, no 1 a 1 da sexta rodada.

Lembrando que Diego Alves não esteve em campo na derrota de 3 a 2 para a Chapecoense naquele final de semana anterior.

São portanto 43 dias de atuações em altíssimo nível.

Algo fundamental no modelo de jogo de um time que, nas mãos de Maurício Barbieri, aprendeu a não perder.

São 15 partidas, uma única derrota com a equipe mista, e a liderança incontestável.

O goleiro Diego Alves levou apenas um gol nos últimos doze jogos que fez pelo Flamengo.


Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget