PVC exalta evolução do Flamengo

BLOG DO PVC: Esta nota serve um pouco para corrigir a anterior, que tratava do crescimento do São Paulo, evidenciado por onze partidas seguidas sem derrota. Mas que não fechou ainda uma rodada na liderança e foi o primeiro colocado provisório, por um período de 19 horas. Porque o líder é o Flamengo e repete o número 1 ao lado do nome do clube por cinco das oito jornadas até este momento.

O Flamengo cresce como equipe, porque os jogadores gostam do que treinam. É só conversar com alguns dos que assistem aos treinamentos de Maurício Barbiéri para entender isto. Há mais trabalho de campo reduzido e muitas reproduções de situações que acontecem nos jogos.

Diego comemorando gol com a torcida do Flamengo - Foto: Reprodução
O time não tem vergonha de trocar passes para trás, quando é necessário e fez isto duas vezes no belíssimo gol de Lucas Paquetá, o segundo da vitória sobre o Bahia. Bola recuperada na intermediária, passada por Rodinei para Diego Alves, dali para Renê lançar Vinícius Júnior. Quando a bola chegou à grande área e Vinicius estava cercado por três tricolores, novo passe para trás, onde Henrique Dourado encontrou Diego e depois Paquetá encobriu Ânderson.

A evolução nítida ainda não permite imaginar sucesso em toda a temporada, mas há sinais claros de que as coisas estão mudando. Como ter 46 mil pessoas de média de público no Maracanã, nas quatro partidas disputadas lá. A perspectiva é colocar 60 mil pessoas contra o Corinthians. Ano passado, o clássico das grandes torcidas não lotou nem sequer a Ilha do Urubu, onde cabiam 20 mil torcedores e 12 mil pagaram para ver Fla 3 x 0 Corinthians, em novembro.

Outro sinal vem dos elogios a Renê depois da atuação contra o Bahia. Jogador médio, nem brilhante, nem abaixo da crítica, sua situação confirma um mantra deste colunista: time bom consagra jogador ruim e time ruim enterra jogador bom. O Flamengo está virando time bom e não uma coleção de grandes contratações.

O time não tem vergonha de trocar passes para trás, quando é necessário e fez isto duas vezes no belíssimo gol de Lucas Paquetá.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget