Torcedor que tatuou camisa do Flamengo no corpo vai à Rússia

UOL: No início ele até achou que era mentira ou uma brincadeira, mas é verdade. Maurício dos Anjos, o torcedor que tatuou a camisa do Flamengo em tamanho real no corpo, irá à Rússia para acompanhar a Copa do Mundo de perto graças ao desenho. Em conversa com o UOL Esporte, o catarinense contou como tudo aconteceu e falou sobre as estratégias para não sentir frio no país-sede do Mundial de 2018.

“O convite surgiu de um aplicativo que mostra ações de torcedores pelo mundo inteiro. Eles me mandaram uma mensagem pelas redes sociais, me convidando para ir à Rússia para me parabenizar pela minha coragem. Eu até conferi tudo certinho para ver se era algo verdadeiro ou alguém brincando comigo. Mas era real mesmo. Eu fiquei muito surpreso, nem acreditei no primeiro momento. Vai ser muito incrível, a ficha ainda nem caiu”, disse Maurício ao UOL.

Foto: Divulgação
Em primeiro momento, Maurício irá ao estádio apenas uma vez e será para assistir à partida entre Brasil e Costa Rica, em São Petersburgo, no dia 22 de junho. Além disso, ele fará algumas ações exibindo sua tatuagem pela Rússia.

E como andar pelo país-sede da Copa do Mundo sem roupa na parte de cima do corpo? É verão na Rússia, mas as temperaturas, em algumas cidades, são baixas em comparação ao Brasil. Em São Petersburgo, por exemplo, as mínimas variam entre 11 e 14ºC. Maurício pretende usar um produto que promete manter o corpo aquecido.

“Durante a Copa, o clima é de verão, mas como um inverno aqui do Brasil. Com certeza estarei lá sem camisa, demonstrando toda a minha tatuagem para a galera da Rússia. Se tiver frio, vou ter um agasalho com zíper aberto ou até retirarei o agasalho. Dizem que lá tem alguns produtos em relação ao frio para passar no meu corpo e manter ele aquecido. Tem um gel que passa pelo corpo e ele esquenta. Então é um produto que eu posso utilizar”, contou o flamenguista.

Maurício espera que, assim como no Brasil, o desenho da camisa do Flamengo faça sucesso e ele possa ficar na Rússia até o fim do Mundial. “Tenho expectativa pela minha tatuagem. Quem sabe não surge alguma oportunidade de assistir a outros jogos”, disse.
Morador da cidade de Joinville, no norte de Santa Catarina, Maurício contou ao UOL Esporte que a tatuagem é avaliada em R$ 15 mil. Para realizar o sonho de infância, o motorista de caminhão contou com ajuda financeira da amigos e parceiros.

O catarinense contou como tudo aconteceu e falou sobre as estratégias para não sentir frio no país-sede do Mundial de 2018.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget