Com Vitinho, Flamengo reafirma poderío financeiro nos últimos anos

VAVEL: Nesta sexta-feira (27), o Flamengo anunciou oficialmente a contratação de Vitinho, atacante do CSKA Moscou, com passagens por Botafogo e Internacional, no Brasil.

A concretização da negociação havia sido informada por veículos de comunicação durante a semana, no entanto, a diretoria rubro-negra optou pela cautela para a publicação do acordo. Para a aquisição, foram investidos o valor de aproximados R$ 44 milhões.

A data da confirmação coincide com outras chegadas de um passado recente, quando o clube carioca passou a colher os frutos da reestruturação financeira e anunciou nomes de peso para figurarem em seu elenco. Mais precisamente a partir de 2015, o Flamengo começou a virar protagonista na janela de transferências do mercado brasileiro e internacional.

Guerrero, Diego, Everton Ribeiro e Vitinho do Flamengo - Foto: Divulgação
O primeiro nome da nova fase do clube se deu por Paolo Guerrero, em negociação sem custos de passe e que chegou ao Rubro-Negro cercado de expectativas pela passagem no Corinthians - onde marcou gol do título mundial dos paulistas -. Em sua chegada, o atleta foi recompensado com um dos maiores salários do futebol no país.

No ano seguinte, após anos de rumores e de alta necessidade no setor, a diretoria acertou com Diego, até então no Fenerbahçe, da Turquia, em contratação nos mesmos moldes de Guerrero, porém, com salário inferior ao do atacante.

Em 2017, o Flamengo acertou a contratação de Éverton Ribeiro e Diego Alves, num intervalo de cerca de um mês entre as chegadas. As características das aquisições se deram como em negociações anteriores, beirando entre necessidade e a nova possibilidade de trazer jogadores prestigiados internacionalmente para o clube.

Para fechar com o meia, o clube teve de desembolsar 6 milhões de euros (R$ 22 milhões) e chegar à sua contratação mais cara na história. Por outro lado, o goleiro estava de saída do Valencia, da Espanha, e chegou sem custos ao Ninho do Urubu.

Neste ano, a janela de transferências de inverno chegou cercada de expectativas pelos torcedores do clube, diante da necessidade de peças de reposição para saída de Vinicius Jr. para o Real Madrid.

Com a característica de não revelar negociações em andamento, a demora por um nome no setor gerou cobrança dos fãs à diretoria rubro-negra, que tratou de acalmar os ânimos com a contratação de Vitinho e seguir a sina da chegada de nomes de peso ao clube nesta época.

A partir de 2015, o Flamengo começou a virar protagonista na janela de transferências do mercado brasileiro e internacional.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget