Flamengo apresenta equipe feminina para a Superliga B

GLOBO ESPORTE: O Flamengo está de volta ao vôlei feminino. Com muitos títulos e tradição na modalidade, o clube da Gávea apresentou, nesta quarta-feira (25), o time que disputará a Superliga B, divisão de acesso para a principal competição do esporte no país. Confiante, o vice-presidente de esportes olímpicos do time rubro-negro, Alexandre Póvoa, afirmou que o elenco foi montado com o objetivo de vencer a competição.

- Falei com as meninas: a boa notícia é que vocês estão vindo para o maior clube esportivo do Brasil, com a maior torcida do mundo. A má notícia, e a realidade, é que o Flamengo tem que ganhar. Não entramos em campeonatos para ser segundo, ou terceiro. Temos a obrigação de ganhar. Isso dá muita força para a gente. E esse grupo foi escolhido a dedo - disse Póvoa.

Foto: Gilvan de Souza
O comandante da equipe será Alexandre Dantas. O treinador do Flamengo, que também acumula a função de supervisor das seleções das categorias de base masculinas, convidado pela CBV para assumir o cargo, acredita que neste segundo semestre de 2018, período em que o time irá se preparar para a Superliga B, que começa em janeiro do ano que vem, o principal é que todos os envolvidos se dediquem ao máximo.

- O grupo já começou a trabalhar forte e sério. Mas, temos a humildade de saber que os bons resultados não dependem apenas da gente. Contudo, nada nos tira a obrigação de que cada um dê o máximo nesse momento. Ainda que nosso objetivo seja ousado, não podemos deixar de dar o máximo - afirmou o treinador.

Sobre o elenco, o técnico Alexandre afirma ter sido meticuloso quanto às integrantes. Com algumas atletas mais experientes, a maioria das jogadoras vêm da base. A ideia do clube é dar espaço para as meninas que jogam no Flamengo desde as categorias mais novas.

- Tive muito cuidado na montagem do time, muito competitivo e dentro da realidade do clube. Há uma mescla entre atletas mais experientes e jovens da base. Há espaço para jovens da base também que queiram ter o sonho de ser profissionais - concluiu o treinador.

Na história, o Flamengo acumula 11 títulos estaduais, três brasileiros e um Sul-Americano. O último grande momento do clube foi o campeonato nacional em 2001, com vitória na final sobre o rival Vasco da Gama. Naquele plantel do Flamengo, destacavam-se Virna e Leila. As duas foram medalhistas de bronze nas Olimpíadas de 2000, pela Seleção. Também já passaram pelo vôlei rubro-negro as campeãs olímpicas nos Jogos de Pequim, em 2008, Fabi e Valeskinha, além de Isabel Salgado, Jackie Silva e Regina Vilela, também representantes do Brasil em Olimpíadas.

Para voltar à elite, no entanto, o Flamengo terá que fazer por merecer uma vaga na divisão principal. Na temporada passada, as duas equipes finalistas da Superliga B conseguiram o acesso. Disputada em jogo único, a final do campeonato foi um clássico paranaense. Visitante, o Curitiba venceu o Londrina de virada e conquistou o título da competição.

Alexandre Póvoa afirmou que o elenco foi montado com o objetivo de vencer a competição.


Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget