Flamengo convoca reunião para aprovação de empréstimo

COLUNA DO FLAMENGO: O Flamengo pretende contrair um empréstimo bancário de cerca de R$ 20 milhões para usar como fluxo de caixa até o fim do ano. O assunto será discutido em reunião extraordinária do Conselho de Administração, na próxima quinta-feira. A convocação foi feita nesta sexta-feira, em comunicado enviado aos conselheiros. De acordo com o balanço financeiro, a previsão era de um total de R$ 40 milhões de empréstimo em 2018. No início do ano, o clube contraiu outros R$ 15 milhões, restando R$ 5 milhões para atingir o limite previsto, caso este seja aprovado.    

Foto: Divulgação
O banco que fará o empréstimo será o Daycoval S.A. e os valores terão como garantia o contrato de transmissão do campeonato Brasileiro de 2019 até 2024. De acordo com apuração do blog, a taxa cobrada pelo banco está estipulada em 1,03% ao mês e o total deverá ser pago em 12 parcelas, a começar em janeiro do ano que vem, primeiro ano do presidente que será eleito em novembro deste ano.  

Os valores serão usados para pagamento de encargos, despesas operacionais do clube e também no futebol, afirmam dirigentes rubro-negros.

Vendas 

Um questionamento que provavelmente será feito pelos conselheiros é se o dinheiro recebido pelo clube pela venda de jogadores nesta temporada não é suficiente para suprir as necessidades orçamentárias. 

Segundo o clube, os valores recebidos pelo Flamengo com a venda de jogadores como Jonas e Vizeu já estavam previstos no orçamento rubro-negro e não diminuíram as necessidades de empréstimos para esta temporada. Nos seis primeiros meses deste ano, o clube pagou R$ 32 milhões em dívidas bancárias, informam os dirigentes.  

Entre os jogadores que renderam aos cofres rubro-negros estão Jonas e Vizeu. O primeiro, vendido para o  Al-Ittihad-ARA por R$ 9 milhões, à vista. E Vizeu, negociado por R$ 20 milhões com a Udinese, da Itália. Deste total, o Flamengo tem direito a R$ 12 milhões (60%). O clube começa a receber sua parte agora, com duas parcelas em setembro e dezembro (U$ 1,4 milhões cada) e o restante em 2019 e 2020. 


Já a vultuosa venda de Vinícius Júnior, começou a ser paga em 2016 e já estava prevista no orçamento deste ano. Agora em julho, quando o jogador se transferiu para o Real Madrid, o clube espanhol pagou a última parcela devida, no valor de 15 milhões de euros. 

A ideia é que esta quantia sirva, também, para a contratação de algum jogador.


Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget