Guerrero é eleito o pior de Santos 1 x 1 Flamengo

LANCE: Em um jogo muito corrido, Flamengo e Santos empataram em 1 a 1. Pelo lado do rubro-negro, Éverton Ribeiro chamou a atenção pela sua atuação individual, sendo 'percorrido' de perto por Léo Duarte, Gustavo Cuéllar e Diego Alves. O L! deu as notas dos atletas da equipe treinada por Mauricio Barbieri na partida (Por Matheus Dantas - matheusdantas@lancenet.com.br)

Diego Alves - 6,5 - O Santos alçou várias bolas na área do Flamengo e o camisa 1 mostrou segurança. No mais, só foi exigido - e foi bem - em chute de Victor Ferraz.

Rodinei - 6,0 -Apresentação apenas regular do lateral-direito. As subidas ao ataque não assustaram o Peixe. Na defesa, por sua vez, não sofreu tanto como Renê.

Réver - 5,5 - Não está vivendo uma boa fase. Apresentou dificuldades para fazer a cobertura de Renê, além de cometer alguns erros na saída de bola.

Guerrero em Santos x Flamengo - Foto: Staff Images
Léo Duarte - 6,5 - Vem evoluindo desde antes do Mundial. Bem posicionado, faz desarmes importantes e, hoje, é titular incontestável no time de Maurício Barbieri.

Renê - 5,0 - Foi nas costas do camisa 6 que o Santos teve espaço e criou chances claras, inclusive a do gol de empate. Não contou com uma boa cobertura.

Cuéllar - 6,5 - Se desdobrou na cobertura dos meias e dos laterais, principalmente de Rodinei. Responsável por destruir maior parte dos ataques do Santos.

Lucas Paquetá - 5,5 - Teve um bom início de jogo, sendo uma boa alternativa pelo lado esquerdo. Porém, caiu demais durante o jogo e errou passes simples.

Diego - 5,5 - Foi bem marcado e não conseguiu produzir como o esperado na Vila Belmiro. O pé também não esteve calibrado nas cobranças de falta.

Everton Ribeiro - 7,0 - Foi o melhor jogador do Flamengo. Além de oportunismo para abrir o placar, dominou o meio de campo. Escondeu a bola dos adversários.

Matheus Sávio - 6,0 - Fez um bom primeiro tempo, sendo uma opção na esquerda e fazendo boas tabelas com Paquetá. Cansou na etapa final e foi substituído.

Guerrero - 4,5 - Atuação fraca do camisa 9 na Vila. Não incomodou a defesa rival na bola aérea. Mal tecnicamente, ainda atrapalhou alguns contra-ataques do Fla.

Uribe - 6,0 - Entrou para fazer a função de centroavante. Enquanto esteve em campo, ajudou mais o Fla que Guerrero, prendendo a bola no campo de ataque.

Geuvânio - 6,0 - Voltou a ganhar chance de Maurício Barbieri e deu maior profundidade ao time. Conseguiu fazer algumas boas jogadas na linha de fundo.

Henrique Dourado - 6,0 - Entrou nos minutos finais para dar maior presença na área, mas terminou a partida sem ter uma oportunidade de finalizar.

Mauricio Barbieri - 6,0 - Flamengo não sofreu grande pressão, mas teve dificuldade para criar lances de perigo após o empate. As alterações não mudaram o cenário.

Atuação fraca do camisa 9 na Vila. Não incomodou a defesa rival na bola aérea. Mal tecnicamente, ainda atrapalhou alguns contra-ataques do Fla.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget