O que esperar do Flamengo no retorno da Copa do Mundo?

GOAL: Líder do Campeonato Brasileiro, o Flamengo terá uma dura missão pela frente no retorno da Copa do Mundo. Logo de cara, o time de Maurício Barbieri vai enfrentar o São Paulo, um dos vice-líderes da competição com desfalques em relação a equipe de antes do Mundial.

O principal deles é a saída de Vinicius Junior, o meia-atacante que vinha sendo um dos melhores jogadores do time já deixou o clube e se apresenta no Real Madrid nos próximos dias, para seu lugar, o treinador, que foi efeitivado no cargo durante a Copa do Mundo, deve optar por Marlos Moreno.

Fernando Uribe e Marlos Moreno no Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
O grande problema é que o jogador emprestado pelo Manchester City ainda não mostrou a que veio e vai precisar reencontrar o futebol dos tempos de Atlético Nacional nos próximos meses para de fato ajudar o Flamengo.

Sem Vinicius, o Rubro-Negro também não conta com Henrique Dourado e Cuellar, ambos suspensos. Com a volta de Paolo Guerrero, o Flamengo ainda espera um aval da CBF para escalar o jogador, para saber se realmente o camisa 9 está apto para atuar no Brasileirão depois da suspensão por doping.

No meio-campo, quem deve ficar com a vaga de Cuellar é Rômulo, uma vez que Jonas, substituto imediato do colombiano, deixou o Flamengo rumo a Árabia. O maior problema é a falta de ritmo do volante, que não joga uma partida por 90 minutos há dez meses. Ele vem tendo preparação especial no clube, mas não tem a confiança da torcida. Na zaga, Réver deve retornar e atuar ao lado de Léo Duarte.

Apesar dos desfalques, no entanto, a expectativa pelo Flamengo depois da pausa é grande, já que a equipe estava bem na competição e teve cerca de um mês para trabalhar, algo que Barbieri não teve desde que assumiu o time após a saída de Paulo César Carpegiani.

Além do Brasileirão, o Rubro-Negro tem pela frente a Copa do Brasil, onde encara o Grêmio e a Libertadores, diante do Cruzeiro. Dois adversários fortes o que pode fazer com que a equipe de prioridade a uma competição, já que a Libertadores é o grande desejo e se manter na ponta do Brasileiro também faz parte dos planos.

Com quatro pontos de vantagem, o Flamengo mantém a ponta ainda que perca ou empate com o São Paulo, mas o duelo dentro de casa é fundamental para deixar a equipe mais tranquila para as demais competições. O Atlético-MG, outro vice-líder, encara o Grêmio, em Porto Alegre.

Independente das saídas, a expectativa é de que o Flamengo tenha evoluído e apresente um futebol ainda mais consistente. O grande segredo do time está no meio-campo forte, formado por Cuellar(que não joga contra o São Paulo, Lucas Paquetá, Diego e Everton Ribeiro.

O camisa 10 reencontrou o bom futebol e nos dois últimos jogos antes da parada para a Copa esteve muito bem, Everton Ribeiro se encontrou e já mostra os sinais daquele jogador dos tempos de Cruzeiro, fundamental para as pretensões do Flamengo nesta temporada.

No ataque, Dourado (suspenso diante do São Paulo), precisa reencontrar o caminho do gol, já que não vem balançando as redes, principalmente agora com a saída de Vinicius Junior, artilheiro do time na temporada. A situação de Paolo Guerrero, se fica ou não sai, precisa ser definida o quanto antes, pois o peruano também pode fazer a diferença.

Sem Vinicius, o Rubro-Negro também não conta com Henrique Dourado e Cuellar, ambos suspensos.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget