Réver, do Flamengo, celebra marca de artilheiro no futebol brasileiro

GLOBO ESPORTE: Tarde de domingo. Quase 60 mil pessoas no Maracanã. Um bom dia para fazer história. E Réver fez. O gol marcado aos 13 minutos da primeira etapa na partida contra o Sport fez do jogador rubro-negro o zagueiro com mais gols na história do Brasileirão. Agora são 31, um a mais que Leonardo Silva, defensor do Atlético-MG.

No Flamengo desde 2016, Réver anotou 11 gols - nove em Campeonatos Brasileiros e dois na Copa Sul-Americana. Este ano, além do tento do último domingo, havia balançado as redes também no empate por 2 a 2 contra o Vitória, na rodada de abertura da competição nacional. O zagueiro comemorou a marca alcançada com a camisa rubro-negra.

Réver comemorando gol pelo Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
- É uma marca muito especial, que me coloca na história do futebol brasileiro. Fico muito orgulhoso e me sinto na obrigação de dividi-la com todos os meus atuais e ex-companheiros. Foi graças ao esforço de cada um deles aliado à minha dedicação que pude marcar esses gols.

- Espero que eu possa continuar ajudando o Flamengo, tanto na defesa, que é minha função primordial, como no ataque, sempre que possível - disse Réver.

Réver pelo Brasileirão:

Grêmio (2008/09) – 7 gols
Atlético-MG (2010/14) - 13 gols
Internacional (2015) – 2 gols
Flamengo (2016/18) – 9 gols

Dominar o jogo aéreo é fundamental e é uma cobrança repetitiva dos técnicos no Brasil. A Copa do Mundo mostrou a importância de saber usar esse recurso: a bicampeã França marcou gols em jogadas de bola parada em todas as partidas da fase mata-mata. A Inglaterra também usou muito bem desse artifício para chegar à semifinal do Mundial da Rússia. Aliás, quase 50% dos gols marcados na Copa saíram neste tipo de jogada.

Réver reconhece essa importância e deseja manter seu aproveitamento nas jogadas pelo alto com a camisa do Flamengo. Em todos os times que jogou, sempre apareceu bem no ataque. Ao todo, balançou as redes em 45 oportunidades. Alto e bom cabeceador, o zagueiro quer ajudar o Fla, defendendo e atacando, nas três competições que o time disputa em 2018: além do Brasileiro, a Copa do Brasil e a Libertadores.

- Sabemos a dificuldade dos próximos jogos. Estamos nos preparando para conseguir nossos objetivos. Tenho certeza que o nosso time está pronto para encarar desafios tanto fora de casa como dentro. Vamos pensando jogo a jogo, trabalhando diariamente com a mesma intensidade para que possamos alcançar nossas metas.

Disputa particular com um ex-companheiro

Para se manter como zagueiro artilheiro do Brasileirão, Réver não pode tirar os olhos de um adversário que ele conhece bem: Leonardo Silva. O zagueiro do Atlético-MG chegou ao 30º gol em Brasileiros na última quarta-feira, na vitória por 2 a 0 sobre o Paraná.

Réver e Leo Silva foram companheiros de zaga no Galo entre 2011 e 2014. Ambos foram decisivos para a conquista da Libertadores de 2013: Réver fez dois gols (fase de grupos e quartas de final) e Leo marcou na final contra o Olímpia, levando a decisão para os pênaltis. Agora, ainda em ação e titulares em times diferentes, buscam alcançar uma marca pessoal. Quem terminará o Brasileirão na frente?

Maiores zagueiros artilheiros da história do Brasileirão:

Réver – 31 gols
Leonardo Silva – 30 gols
Júnior Baiano – 29 gols
Antônio Carlos – 28 gols
Índio – 27 gols

Agora são 31, um a mais que Leonardo Silva, defensor do Atlético-MG.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget