Roberto Assaf avalia possível chegada de Vitinho ao Flamengo

ROBERTO ASSAF: Vitinho não é nenhum craque consagrado do futebol, tanto que sequer foi lembrado para a seleção que disputou o Mundial que está terminando. Ok. Se havia vagas para Fred e Taison, não seria exagero levar o atacante do CSKA Moscou, pois também não é absurdo dizer que o atleta revelado pelo Botafogo está em nível superior. No entanto, dado o fracasso retumbante do time verde e amarelo, já nem vale mais tal discussão.

Até porque a que interessa agora é a possível contratação de Vitinho pelo Flamengo. É pouco provável que haja aprovação unânime da torcida. Mas levando-se em conta que o Brasileiro recomeça quarta-feira, que Vinícius Júnior já foi embora, que o alvo em questão tem apenas 24 anos de idade, está em plena atividade, e tem boa experiência internacional, seria de fato um bom reforço, até porque não apresenta histórico de contusões.

Vitinho no CSKA - Foto: Epsilon/Getty Images
Vitinho disputou 46 partidas oficiais pela sua equipe na temporada 2017-2018, das quais 30 pelo Campeonato da Rússia, marcando 10 gols. Também fez 10 jogos pela Liga dos Campeões da Europa, contra Basel e Young Boys, ambos da Suíça, além de AEK, da Grécia, Benfica, de Portugal, e Manchester United, da Inglaterra. Nestes, marcou duas vezes. E como o CSKA não obteve vaga para a fase de mata-mata, acabou disputando a etapa de grupos da Liga Europa, contra o Arsenal, da Inglaterra, o Estrela Vermelha, da Sérvia, e o Lyon, da França. Também não foi adiante, mas o futebol de Vitinho não passou pelo fracasso, pois o elenco do time, como o da própria seleção da Rússia, como se viu no Mundial, não ajuda.

Para que se tenha uma idéia mais aguda do CSKA, vale dizer que é dirigido por um treinador da Bielorússia – Belarus é português de Portugal – chamado Viktor Goncharenko, de 41 anos de idade, que jamais teve experiência além das fronteiras da falecida União Soviética.

É interessante lembrar que Vitinho fez bom Brasileiro pelo Internacional em 2016, embora o clube gaúcho tenha sido rebaixado. Foi naquele campeonato que marcou o gol que praticamente tirou o Flamengo da briga pelo título, na vitória de 2 a 1, de virada, em Porto Alegre. Zé Ricardo, como fazia habitualmente, recuava o time como pequeno, após estabelecer vantagem, e aguardava a reação do adversário, que quase sempre acontecia – naquela ocasião, comandada pelo atacante que o Rubro-Negro, agora, quer repatriar. Na realidade, se os valores não forem astronômicos, pode valer a pena. Até porque, dizem, o rapaz é Flamengo desde criancinha.

Na realidade, se os valores não forem astronômicos, pode valer a pena. Até porque, dizem, o rapaz é Flamengo desde criancinha.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget