Vencer fora é a arma do São Paulo na briga com o Flamengo

FOLHA DE SÃO PAULO: Com os gols de Diego Souza e Everton, o vice-líder do Nacional repetiu um feito raro no Brasileiro: vencer fora de casa. A equipe foi a que mais conseguiu vitórias —quatro— jogando no estádio dos rivais.

Além das quatro vitórias, o clube do Morumbi empatou três e perdeu duas nas nove vezes em que atuou fora. Teve aproveitamento de 55,55% dos pontos disputados.

Apenas 19,2% das partidas até agora no Brasileiro tiveram vitórias do time visitante. Em 54,4%, o mandante venceu. Em 26,2% dos jogos, o placar terminou empatado.

O Flamengo, líder do Campeonato Brasileiro, tem um triunfo a menos fora de casa. Neste domingo, no Maracanã, o clube carioca goleou o Sport por 4 a 1.

Foto: Divulgação
No entanto, apesar de ter uma vitória a menos, a equipe rubro-negra tem um aproveitamento ligeiramente melhora até aqui do que o time paulista na disputa pelo título.

São 57,14% dos pontos em disputa longe de casa, já que em 7 partidas venceu 3, empatou outras 3 e perdeu 2.

No Maracanã, o Flamengo também tem melhor desempenho acumulado que o São Paulo em casa. Das suas nove partidas como mandante, venceu sete, empatou uma e perdeu outra, totalizando aproveitamento de 81,48%.

A única derrota dos cariocas como mandante foi exatamente para o São Paulo, 1 a 0, pela 13ª rodada do Nacional.

O São Paulo está bem próximo, com 80,95%. O clube paulista jogou sete vezes no Morumbi, onde venceu cinco e empatou duas.

Essas duas ligeiras vantagens do Flamengo é que fazem a também pequena diferença da ponta da tabela para o segundo colocado ser de apenas dois pontos.

Das quatro vitórias são-paulinas fora de casa, duas foram conquistadas após o reinício do Brasileiro. O torneio parou por um mês durante a Copa do Mundo.

Foram quatro jogos no total depois do fim do recesso. O São Paulo venceu Flamengo e Cruzeiro fora, o Corinthians em casa e perdeu para o Grêmio, em Porto Alegre.

O triunfo sobre o time mineiro é o final da “mini Copa”, como os jogadores do São Paulo classificaram em entrevistas a difícil sequência acima. O saldo foi positivo.

Neste domingo, desfalcada de três titulares, Arboleda, Hudson e Éder Militão, a equipe do técnico Diego Aguirre manteve o alto nível de jogo e viu os substitutos Bruno Alves, Luan e Araruna cumprirem muito bem suas funções.

Em casa, o Cruzeiro tomou as ações no confronto. Entregar a bola para o time mandante e apostar no contra-ataque tem sido a estratégia do São Paulo quando joga longe do Morumbi.

E foi assim que o clube paulista marcou seus dois gols.

Em contra-ataque, Reinaldo pelo lado direito fez bonito lançamento na esquerda para Everton, que tocou para Rojas. O atacante recebeu e disparou para a grande área, quando levantou para Diego Souza marcar, aos 27 minutos do primeiro tempo.

Em outra jogada com a participação de Reinaldo, após rebote de Fábio, o lateral serviu Everton, que fez 2 a 0.

O time tricolor joga na quinta (2), às 19h30, pela Copa Sul-Americana, contra o Colón, da Argentina, pelo partida de ida da competição.

No próximo domingo (5), o São Paulo volta a jogar pelo Brasileiro, quando recebe o Vasco no Morumbi.

Já o Flamengo enfrenta o Grêmio no sábado (4), no Rio Grande do Sul, pelo Brasileiro. Antes, porém, encara os gaúchos na quarta-feira (1º), às 21h45, também fora de casa, no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil.

O Flamengo, líder do Campeonato Brasileiro, tem um triunfo a menos fora de casa.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget