Auxiliar de Carpegiani, Barbieri reencontra ex-colega no Maracanã

GLOBO ESPORTE: Mais de três décadas separam Maurício Barbieri e Paulo César Carpegiani. Afastados pela diferença de idade e de gerações, os técnicos que se enfrentam nesta quinta-feira, no duelo entre Flamengo e Vitória, estiveram lado a lado nos três primeiros meses da temporada.

Barbieri chegou no Ninho do Urubu no começo desta temporada para integrar a comissão permanente do clube como auxiliar técnico. A contratação foi concretizada através do então diretor de futebol, Rodrigo Caetano. Ele e Carpegiani trabalharam juntos entre janeiro e março.

Foto: Gilvan de Souza
Carpegiani: de coordenador ao cargo de técnico

Respaldado por sua história vitoriosa como treinador do Flamengo, Carpegiani foi a solução imediata. Inicialmente, ele ocuparia um cargo de coordenador técnico. Mas acabou resolvendo o problema deixado pela saída de Reinaldo Rueda para a seleção chilena, no começo do ano.

A passagem de 2018, no entanto, foi rápida. Ele foi demitido após a eliminação para o Botafogo, na semifinal do Carioca. Rodrigo Caetano, também perdeu o cargo de dirigente na ocasião.

Carpegiani 2018
17 jogos
11 vitórias
3 empates
3 derrotas

Durante os meses que comandou a equipe no ano, Carpegiani não conseguiu criar uma conexão boa com o elenco. Durante o período, o plantel não via que o então treinador ''abraçava o grupo'' e houve questionamentos sobre seus critérios em suas escolhas. Por outro lado, ele considerou sua saída precipitada.

- Na minha opinião, houve uma precipitação. Não sei em que momento as coisas do passado estavam, mas pelas próprias declarações, você nota que já havia a possibilidade de uma saída - disse Carpegiani, na época.

Barbieri: auxiliar permanente ao técnico com confiança do elenco

Com Barbieri, o cenário foi bem diferente. O Flamengo o colocou interinamente no cargo de treinador enquanto analisava o mercado. Tentou nomes como Renato Gaúcho e acabou o efetivamento após bons resultados que levaram o time até a liderança do Braisleirão antes da Copa.

Mas, antes mesmo disso, o ex-auxiliar já havia conquistado o elenco. Desde os primeiros treinamentos era comum que os jogadores elogiassem os treinamentos e a visão tática do ''estudioso'' Maurício Barbieri. Que ajustou muitos pontos e deu, de fato, cara ao time.

Barbieri 2018
28 jogos
15 vitórias
5 derrotas
8 empates

- Ele é nosso treinador, né? A diretoria tem total confiança nele. Nós como jogadores estamos muito satisfeitos com o trabalho dele, com a convicção que ele tem, naquilo que ele quer e temos feito o nosso melhor pra poder vencer, né? Porque nós vencendo, sabemos que é muito bom pra ele - disse Diego, antes mesmo de Barbieri ter sido efetivado no cargo.

Flamengo e Vitória se enfrentam nesta quinta-feira, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo será às 19h30, no Maracanã. O Rubro-Negro chega na terceira colocação após a derrota para o Atlético-PR no fim de semana.

O Vitória, por sua vez, abre o Z-4, na 17ª colocação. Carpegiani estreou no comando do time baiano na última rodada, perdendo por 3 a 0, em casa, para o Palmeiras.

Os técnicos que se enfrentam nesta quinta, no duelo entre Flamengo e Vitória, estiveram lado a lado nos três primeiros meses da temporada.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget