Barbieri entrega vitória e Flamengo cede empate ao América-MG

UOL: Sem margem de erro no Brasileiro, Barbieri mandou a campo a força máxima diante dos americanos, ainda que o Fla tenha compromisso fundamental pela Libertadores na próxima quarta. O time não fez um grande jogo, mas vencia até o finzinho, quando foi castigado com o empate.

Equilíbrio em BH
Embalado pelo bom momento no Brasileiro, o América não se intimidou diante de um dos postulantes ao título. Com muita organização, os donos da casa pressionaram os visitantes em seu campo de defesa e começaram melhor o jogo.

Quando o América-MG era bem superior no jogo, o Flamengo, no entanto, encaixou uma única e certeira jogada. Rene foi ao fundo e cruzou para Éverton Ribeiro, que mergulhou e cabeceou para o fundo da rede.

Henrique Dourado em América-MG x Flamengo - Foto: Mourão Panda
A desvantagem não desanimou o Coelho, que logo chegou ao empate. Aos 22, Rafael Moura subiu mais que Léo Duarte e, de cabeça, deixou tudo igual no Independência. A partida ficou mais truncada após a igualdade e os times não ameaçaram mais um ao outro, exceção feita a um chute de Vitinho que João Ricardo voou no ângulo para mandar a escanteio.

Artilheiro animado
Carrasco frequente do do Fla, o atacante Rafael Moura deixou sua marca mais uma vez. Para festejar o gol do He-man, o América postou uma versão animada do centroavante em suas redes.

Éverton e Paquetá decidem, mas Fla é castigado
O jogo voltou ainda equilibrado e mais agitado na capital mineira. Diante da necessidade do resultado, o Fla se lançou mais ao ataque e teve as melhores possibilidade de marcar, especialmente em cabeçada de Réver e arremate de Dourado.

Organizado, o América-MG se fechou e dificultou a vida do Fla, que teve em Éverton Ribeiro o homem responsável por furar o bloqueio. E foi justamente o camisa 7 quem tirou um coelho da cartola para colocar os rubro-negros em vantagem. Aos 16, ele cruzou na medida para Paquetá, que cabeceou sem chances para João Ricardo.

Minutos depois, Cuéllar foi obrigado a parar um contra-ataque e levou o vermelho. Com 10 em campo, o Flamengo, que perdeu chances claras de ampliar com Paquetá e Ribeiro, defendia com unhas e dentes o resultado, mas foi punido aos 41 minutos. Após cobrança de falta, a bola explodiu na trave e Gerson Magrão só empurrou para o gol.

Nação presente
Entusiasmada com a possibilidade de conquistas no ano, a torcida do Flamengo marcou forte presença e esgotou seus ingressos pra o jogo diante do Coelho. Antes de a bola rolar, animação e confraternização no entorno do Independência.

Recordar é viver
Foi justamente contra o América-MG, em partida válida pelo turno, que o goleiro Júlio César fez sua despedida com a camisa do Flamengo. As redes sociais do Rubro-negro recordaram a vitória por 2 a 0 e o adeus do ídolo.

O time não fez um grande jogo, mas vencia até o finzinho, quando foi castigado com o empate.


Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget