Barbieri justifica retranca e culpa 'acaso' por empate do Flamengo

GLOBO ESPORTE: O empate com o América-MG em 2 a 2 teve sabor amargo para os jogadores do Flamengo. Mesmo sendo fora de casa, o Rubro-Negro conquistava os três pontos até os 41 minutos do segundo tempo, quando sofreu o gol de empate. Nesse momento, o time de Maurício Barbieri estava recuado e jogava com um a menos - Cuéllar foi expulso aos 19. O técnico explicou o recuo do time e as substituições após a perda do volante:

- Estávamos com um homem a menos na casa do adversário. Tínhamos que nos precaver um pouco. Contra o Vitória, no primeiro jogo, já tínhamos tentado essa estratégia. E tivemos chances em contra-ataque. A entrada do Rhodolfo foi para segurar a bola alta. A informação que eu tenho é de que não foi falta (lance do gol do América-MG). Não vi, mas foi o que soube. E depois foi acaso. A bola bateu na trave e sobrou para o jogador.

- Acho que sabemos sofrer sim. Bastante. Contra o Atlético-MG aqui foi assim. O América não vinha criando tanto. O sentimento é de frustração pelo resultado.

Barbieri, técnico do Flamengo - Foto: Staff Images
O Flamengo começou o jogo recuado e com marcação no campo de defesa, oferecendo espaços para o América-MG. No segundo tempo, voltou melhor e os quatro jogadores de frente começaram a jogar mais próximos. Logo chegou ao segundo gol, com Lucas Paquetá. Para Barbieri, a troca de posição do quarteto é uma estratégia a ser mantida e melhor trabalhada:

- Eles tiveram alguns espaços, principalmente no primeiro gol, mas no jogo como um todo não tiveram muitas chances. Nessas duas partidas ficou mais evidente (troca de posição do quarteto ofensivo). É uma movimentação que já buscamos. Os jogadores vão se encontrando, se conhecendo até no olhar, onde um quer a bola ou outro. E esperamos manter isso em um bom nível, melhorar contra o Cruzeiro, para conseguirmos o resultado que precisamos - comenta Barbieri.

Com o empate, o Flamengo se mantém em terceiro lugar, agora com 41 pontos - a quatro do líder São Paulo (venceu o Ceará) e a um do vice-líder Internacional (empatou com o Palmeiras). Na próxima rodada, o Rubro-Negro enfrenta o Ceará no Maracanã, domingo, às 11h. Antes, tem a decisão com o Cruzeiro, pelo jogo de volta das oitavas de final da Libertadores, quarta, às 21h45, no Mineirão.

O técnico explicou o recuo do time e as substituições após a perda do volante:


Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget