Brasileirão 2018 tem a maior média de troca de técnicos da história

ESPORTE INTERATIVO: O ​Campeonato Brasileiro de 2018 pode ter uma quebra de recorde negativo. A edição de 2018 do principal campeonato nacional tem atualmente a maior média de troca de técnicos desde que o torneio passou a ser disputado com 20 clubes, em 2006.

Já contabilizando a demissão de Gilson Kleina pela ​Chapecoense, foram realizadas 16 trocas de treinadores em 17 rodadas. Assim, o Brasileirão deste ano tem uma média de 0,94 mudança de técnico a cada rodada, sendo o número mais alto da era dos pontos corridos com 20 clubes.

No total, somente seis clubes não mudarem o técnico desde o início do Campeonato Brasileiro. São eles: ​São Paulo, ​Flamengo, ​Grêmio, ​Internacional, ​Cruzeiro e ​Atlético-MG.

Dos campeonatos já encerrados, 2010 e 2015 empatam como os anos com as piores médias. Em ambos os torneios, foram realizadas 32 mudanças em 38 rodadas, uma média de 0,84 troca por rodada.

A edição de 2018 vem quebrando também uma sequência de três anos consecutivos de redução no número de trocas de técnico. Para manter essa série, o Brasileirão deste ano poderá ter apenas mais seis mudanças em 21 rodadas.

Confira abaixo a média de troca por rodada a cada ano desde 2006:


O Brasileirão deste ano tem uma média de 0,94 mudança de técnico a cada rodada, sendo o número mais alto da era dos pontos corridos com 20 clubes.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget