Clubes brasileiros buscam sul-americanos para repor perdas

UOL: Alvo do aquecido mercado externo, os clubes brasileiros precisavam preencher lacunas em seus elencos. Em ano de Copa, então, todo mundo resolveu ir fazer compras no exterior. Depois da pausa para o Mundial da Rússia, diversos grandes do país apostaram em estrangeiros como "novas caras" para a reta final da temporada.

No momento em que o Campeonato Brasileiro 'esquenta', a fase mata-mata da Libertadores começa e a Copa do Brasil se aproxima do fim, os atletas oriundos de outros países chegam ao Brasil com enorme responsabilidade e pouco tempo para se adaptar. O regulamento do Brasileirão é um dos motivos da alta procura por opções de outras ligas. A regra que impede atletas de trocarem de clube após sete partidas disputadas no torneio limita a movimentação interna e exige criatividade dos cartolas.

Fernando Uribe no Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
Espalhados pelas mais variadas equipes, alguns já estiveram em campo, inclusive assumindo a titularidade. Outros, no entanto, ainda não estrearam. O UOL Esporte lista, abaixo, alguns dos estrangeiros que prometem resolver os problemas dos treinadores nesse segundo semestre. Confira:

Uribe pode ser o novo goleador do Flamengo?

O colombiano fechou com o Flamengo para ser o "homem gol" do rubro-negro carioca e tirar a série de dúvidas do torcedor quanto ao ataque da equipe. Aos 30 anos, ele desembarcou no Rio de Janeiro após a saída de Felipe Vizeu para o futebol italiano. Além dessa perda, Paolo Guerrero, que tem contrato até o próximo dia 10, ainda negocia uma renovação cada vez mais improvável e Henrique Dourado vive mau momento.

Com uma média de quase uma bola na rede a cada dois jogos na carreira, Fernando Uribe é a grande esperança de gols no Ninho do Urubu neste segundo semestre. Entre o retorno do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil, o jogador participou dos seis jogos do Flamengo, sendo três vezes como titular, contabilizando um gol e uma assistência. 

Ángelo Araos, o "motorzinho" de Itaquera

Anunciado pelo Corinthians na última segunda-feira (30), o chileno Ángelo Araos tem a árdua missão de substituir Rodriguinho, jogador extremamente importante nos títulos do Campeonato Brasileiro de 2017 e no Estadual de 2018. Veloz e com a capacidade de ser o Armador da equipe, o meio-campista pode solucionar dois problemas no Parque São Jorge. Além de ocupar a mesma faixa de campo do seu antecessor, o jovem também pode ser utilizado como segundo volante.

Outro reforço da equipe alvinegra é o paraguaio Sergio Díaz, atacante que vem do Real Madrid por empréstimo e que pode atuar tanto pelos lados, quanto centralizado (posição carente do elenco). Com 20 anos, o jogador não atua desde novembro do ano passado, pois sofreu uma grave lesão no joelho direito. Assim, sua estreia não será tão breve com a camisa do Corinthians.

Rojas chega para ser a válvula de escape do São Paulo

O São Paulo perdeu dois jogadores que atuavam pelo lado do campo no seu setor ofensivo em junho: Marcos Guilherme e Valdivia. Desta maneira, para "tapar o buraco" deixado no lado direito do ataque, a diretoria tricolor se mobilizou e trouxe o equatoriano Joao Rojas durante a Copa do Mundo.

Até o momento, a contratação foi assertiva. Rojas encaixou no sistema implantado por Diego Aguirre e, nos seis confrontos que disputou, pôde desempenhar bem a função de puxar contra-ataques, realizar jogadas individuais e recompor rapidamente quando o time esteve sem a bola. Por enquanto, o meia-atacante tem duas assistências defendendo as cores do time do Morumbi.

Palmeiras busca defesa mais segura

O Palmeiras acertou na última terça-feira (31) com Gustavo Gómez, zagueiro emprestado pelo Milan. Titular da seleção do Paraguai, o defensor chega com a perspectiva de ser a solução na posição considerada por muitos a menos confiável do plantel.

Agressivo no mercado de transferências do futebol nos últimos anos, o Palmeiras mudou de estratégia e passou a trazer apenas peças pontuais. Além do paraguaio, a cúpula alviverde fechou recentemente com o zagueiro argentino Nicolás Freire, que chegou com menos badalação e ainda não jogou uma partida oficial pelo clube.

Barcos é alternativa do Cruzeiro para machucados

Conforme o próprio site oficial do Cruzeiro anunciou, a vinda de Hernán Barcos está diretamente relacionada com a situação de outros dois atacantes da Raposa. Lesionados, Fred e Sassá devem demorar meses para retornar ao gramado. Assim, o "Pirata" tem a missão de participar da evolução do criticado sistema ofensivo do Cruzeiro, o terceiro pior do Brasileirão até a 16ª rodada do Brasileirão.

Por enquanto, o início do argentino no Cruzeiro não é o mais animador. Apesar de ter marcado no triunfo contra o Atlético-PR, Barcos desperdiçou algumas oportunidades na derrota contra o Corinthians e bateu um pênalti no travessão no revés diante do São Paulo.

Santos aposta em trinca de estrangeiros

Com a contratação do costarriquenho Bryan Ruíz, a diretoria santista espera solucionar o problema da carência de um armador em seu elenco. Desde o fim do ano passado, quando Lucas Lima deixou o clube após o término de seu contrato, o Santos não encontrou um jogador que se firmasse na posição. Peças internas, como casos de Vecchio, Léo Cittadini e Jean Mota, não renderam o esperado.

O Santos também trouxe o uruguaio Carlos Sánchez, volante de 33 anos e que pode exercer diferentes funções no meio de campo. Experiente, o jogador chega para tentar dar mais gana ao setor, considerado o mais frágil do time na temporada. Por último, foi anunciado o paraguaio Derlis González, que se destaca pela sua versatilidade, uma vez que pode atuar tanto como atacante quanto como meia-armador.

Assim, os estrangeiros, todos constantemente convocados para as seleções de seus respectivos países, vêm para tentar elevar o patamar da equipe, melhorando a conexão entre o meio de campo e o veloz ataque dos comandados por Cuca.

Galo busca reposição com Chará e Terans

O Atlético-MG foi ao mercado e gastou muito dinheiro para reforçar o seu setor ofensivo depois de perder Rómulo Otero e, principalmente, Roger Guedes, atual artilheiro do Campeonato Brasileiro. Entre os principais nomes estão dois estrangeiros: o colombiano Yimmi  Chará e o uruguaio David Terans.

Chará tem como principais características a velocidade e o drible, enquanto o meia Terans tem como ponto forte a batida na bola. Ambos já estrearam pelo clube mineiro, sendo que o primeiro disse já estar adaptado ao futebol brasileiro. Deste modo, o Atlético-MG espera manter o bom aproveitamento no ataque com caras novas. Com 30 gols feitos em 16 rodadas do Brasileirão, o time é o que mais marcou na competição.

Fernando Uribe fechou com o Flamengo para ser o "homem gol" do rubro-negro carioca e tirar a série de dúvidas do torcedor quanto ao ataque da equipe.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget