Corinthians é quem mais perdeu seguidores fakes nas redes sociais

IBOPE REPUCOM: Com o levantamento deste mês, o IBOPE Repucom destaca o impacto da limpeza do Twitter e Facebook de contas desabilitadas que, juntas, geraram um impacto de perda de 715 mil inscritos entre todos os clubes brasileiros no último mês.

O Twitter foi a rede social com maior participação na limpeza de contas desabilitadas. Somente no mês anterior, 37 dos 39 clubes com perfis oficiais na plataforma registraram, em média, 1% de queda em suas bases de seguidores no Twitter. Ao todo 572 mil seguidores foram excluídos, e os clubes mais afetados em volume foram: Corinthians (- 86 mil), São Paulo (- 61 mil) e Flamengo (- 55 mil), donos das três maiores bases digitais do país e que concentram mais de um terço do volume total de seguidores excluídos.

O mesmo fenômeno foi observado nos seguidores do Facebook. Dos 40 clubes monitorados, 32 registraram perdas que acumulam 143 mil curtidas em suas páginas oficiais, a maior já registrada em 2018. Os clubes com as maiores perdas foram: Corinthians (- 35 mil), Flamengo (- 24 mil) e Chapecoense (- 17 mil). As principais exceções, que obtiveram os maiores crescimentos foram: Palmeiras (+ 53 mil), Atlético MG (+ 31 mil) e Fortaleza (+ 19 mil). O Fortaleza, inclusive, foi o clube com maior variação de crescimento (+2,7%).

Considerando as perdas de seguidores no período, o levantamento atual destaca o crescimento das bases digitais combinadas de Flamengo, São Paulo e Atlético MG, clubes que mais cresceram no período e que juntos correspondem a dois terços (66%) do total de novos inscritos nas contas de mídias sociais dos clubes brasileiros em julho.

O Flamengo foi o clube que mais somou novos inscritos no último mês. O rubro-negro agregou 103 mil inscritos em suas contas oficiais, aumentando a diferença para o vice-líder Corinthians. Atualmente cerca de 350 mil inscritos separam cariocas e paulistas. O Flamengo também apresentou o maior volume de crescimento entre todos os clubes no Instagram (responsável por 52% do crescimento total do clube).

O São Paulo também obteve protagonismo ao registrar o segundo maior crescimento no YouTube entre todos os clubes nacionais em 2018. A “SPFCTV” somou mais de 79 mil inscritos no canal no mês de julho e viu sua base evoluir em quase 12% somente no último mês. O feito concedeu ao São Paulo o segundo maior crescimento entre todos os clubes monitorados com mais de 94 mil novos inscritos em seus canais oficiais no mês de julho. Com este feito, o canal oficial do tricolor paulista se consolida no TOP 3 entre clubes brasileiros no YouTube composto por Flamengo (1,1 milhão de inscritos), Palmeiras (849 mil) e São Paulo (756 mil).

O Atlético Mineiro foi uma das poucas equipes que não foram afetadas na queda se seguidores no Facebook no período e a que obteve maior variação de crescimento no Instagram (+9%) entre os clubes da Série A. Estes fatos combinados levaram o Galo ao terceiro maior crescimento combinado entre todos os clubes monitorados. Ao total, o alvinegro somou 65 mil novos inscritos em seus canais oficiais.



O Flamengo foi o clube que mais somou novos inscritos no último mês. O rubro-negro agregou 103 mil inscritos em suas contas oficiais.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget