Flamengo reencontra Carpegiani completamente diferente

UOL: O Flamengo inicia nesta quinta-feira (23) a caminhada no segundo turno do Campeonato Brasileiro. Às 19h30 (de Brasília), o time recebe o Vitória, no Maracanã. O objetivo é retomar o rendimento de antes da Copa do Mundo, quando o Rubro-negro liderou com folga a competição. O adversário de logo mais é comandando por um velho conhecido do torcedor.

Campeão da Copa Libertadores e do Mundial Interclubes em 1981, Paulo César Carpegiani está na direção da equipe baiana. Ele é o 9º técnico que mais vezes comandou o Flamengo na história. São 155 jogos, com 94 vitórias, 34 empates e 27 derrotas. A última passagem, inclusive, foi encerrada em 29 de março deste ano.

Foto: Gilvan de Souza
Carpegiani foi personagem central de uma mudança radical no departamento de futebol rubro-negro. Após a derrota por 1 a 0 para o Botafogo e a eliminação do Campeonato Carioca, o clube optou por uma profunda reformulação. O técnico foi demitido e deixou o Ninho do Urubu ao lado do filho e auxiliar Rodrigo Carpegiani.

Mas não foi só isso. O diretor executivo Rodrigo Caetano, o gerente de futebol Mozer, o auxiliar Jayme de Almeida e o preparador físico Marcelo Martorelli também se despediram. A saída de seis peças de uma vez foi emblemática e escancarou a última tentativa da gestão Eduardo Bandeira de Mello de triunfar no futebol.

No lugar de Carpegiani, o então auxiliar e atual técnico Maurício Barbieri assumiu o time. Eles estiveram juntos nos três primeiros meses de 2018. Carlos Noval substituiu Rodrigo Caetano, atualmente no Internacional.

Paulo César Carpegiani ainda não digeriu a recente demissão, pois considerava que o trabalho estava no caminho certo. Vale lembrar, no entanto, que ele nem sequer havia sido contratado para treinar o time. O acordo era para atuar como uma espécie de coordenador, mas a saída de Reinaldo Rueda para a seleção chilena fez com que o Flamengo optasse pela forçada substituição.
"O Campeonato Brasileiro é muito longo e iniciamos um novo turno. Os erros precisam ficar para trás. Buscaremos seguir na frente pela liderança. Será bom rever o Carpegiani, um cara que nos ensinou bastante. Ele acabou saindo, são coisas do futebol. É um grande profissional, mas espero que o Flamengo vença", comentou o meia Everton Ribeiro.

No reencontro com Carpegiani, o Flamengo terá o apoio de mais de 40 mil torcedores. Só a vitória interessa para quem possui um dos maiores investimentos do país e persegue o sonho do título brasileiro desde 2016.

São 155 jogos, com 94 vitórias, 34 empates e 27 derrotas. A última passagem, inclusive, foi encerrada em 29 de março deste ano.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget