Marcelo Cirino desfalca o Atlético-PR contra o Flamengo

TRIBUNA PR: Recontratado um pouco antes da parada para a Copa do Mundo, o atacante Marcelo Cirino conseguiu mudar o rendimento do setor ofensivo do Atlético. O Furacão, coincidência ou não, melhorou muito com a chegada do centroavante, que marcou dois gols em seis jogos e criou outras boas oportunidades.

No entanto, o técnico Tiago Nunes, que está cada vez mais consolidado no comando do clube e caminha a passos largos para ser efetivado, terá um “problemão” pela frente para resolver. Cirino sofreu uma lesão grau no músculo posterior da coxa e vai desfalcar a equipe rubro-negra por pelo menos cinco semanas.

Foto: Albari Rosa
O Atlético, que até então pouco criava, especialmente pela forma de atuar do então técnico Fernando Diniz, começou a produzir mais. Muito graças à eficiência do atacante. O jogador conseguiu mudar a cara do ataque rubro-negro e passou a ser o principal nome do sistema ofensivo. Diante do Ceará, quando se machucou aos 39 minutos do primeiro tempo, ele já deu mostras, na sequência da partida no Presidente Vargas, o quanto fará falta à equipe.

Os números do Atlético com o atacante são expressivos. O atacante, no seu retorno ao clube, foi titular em cinco partidas e conseguiu três vitórias e dois empates. Nesses cinco compromissos, o Furacão, que até então passava dificuldades para balançar as redes dos adversários, conseguiu marcar dez gols e sofreu apenas um. Neste período, o time não conseguiu sair da zona de rebaixamento do Brasileirão, mas conseguiu avançar de fase na Copa Sul-Americana, eliminando o Peñarol com duas vitórias expressivas (2×0 e 4×1).

Marcelo Cirino estreou na derrota do Atlético para o Cruzeiro por 2×1, pelo Campeonato Brasileiro. O jogador entrou no decorrer do jogo e não conseguiu evitar o revés para a Raposa. Já no jogo seguinte, na vitória por 2×0 sobre o Peñarol, na Arena da Baixada, o camisa 10 foi titular e decisivo no resultado positivo colhido diante dos uruguaios, inclusive marcando um gol.

Depois desse jogo, não saiu mais do time e ganhou protagonismo dentro do time. Tiago Nunes lamentou a lesão do camisa 10 e já começou a quebrar a cabeça para escolher quem será o seu substituto para o duelo importante de domingo (19), diante do Flamengo, às 11h, na Arena da Baixada.

“O Marcelo (Cirino), no jogo anterior, foi substituído por precaução, já pensando no jogo contra o Ceará, para estar mais inteiro. Ele sofre de uma dor nas costas há algum tempo. É muito intensa e traz um reflexo direto no músculo posterior da coxa. Esperamos que ele possa se recuperar rapidamente. Vamos avaliar na semana quem pode jogar ali. Não só o Marcinho, o Nikão, mas tem outros jogadores que podem ser inscritos. Vamos avaliar com calma os treinos, ver a melhor característica de cada jogador para enfrentar o Flamengo”, afirmou o treinador.

Sem Marcelo Cirino, o Furacão vai tentar manter sua recuperação na temporada. Achar um substituto à altura que mantenha a forma ofensiva do time atuar e, de quebra, conseguir ficar mais próximo de sair da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

O Furacão melhorou muito com a chegada do centroavante, que marcou dois gols em seis jogos e criou outras boas oportunidades.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget