Nada é tão grande que não possa ser conquistado pelo Flamengo

ESPN FC: Por João Luis Jr.

Ao contrário de outras equipes – ou até mesmo outras temporadas nossas – que já chegaram em agosto totalmente desenganadas pelo matemático Tristão Garcia, sem chances de títulos ou com apenas uma improvável possibilidade de vencer alguma coisa ainda no horizonte, o Flamengo atingiu o oitavo mês do ano disputando seriamente três das maiores e mais complicadas competições do continente, talvez do mundo: a Libertadores, o Brasileirão e a Copa do Brasil.

E ainda que seja sim viável uma hierarquização de importância entre elas, já que ganhar a nossa segunda Libertadores com certeza tem prioridade sobre mais um Brasileirão, ainda que um título brasileiro provavelmente seja mais importante pra torcida que uma Copa do Brasil, existem fatores como o valor da premiação de alguns campeonatos, a duração de algumas competições, que acabam tornando a situação um pouco mais complexa do que ela pode parecer a primeira vista.

Jogadores do Flamengo comemorando gol - Foto: Gilvan de Souza
Não que a Libertadores não precise ser prioridade absoluta, claro. Para um clube da dimensão do Flamengo chega a ser constrangedor tanto o fato de ter levantado apenas uma vez a taça mais importante da América quanto os desempenhos em praticamente todas as edições pós-1981 terem variado entre decepcionantes, pífios ou apenas ridículos. Temos tantas Libertadores quanto o Once Caldas e menos finais do que o Barcelona de Guayaquil, por exemplo, e isso é muito pouco para um clube do nosso tamanho, tradição, torcida e investimento.

Mas o Flamengo precisa saber trabalhar essa prioridade com inteligência. Priorizar a Libertadores, levar a competição a sério e tratar com meta para a temporada não significa entrar em campo pilhado e tomar cartões desnecessários, não significa nervosismo, não significa jogar com o peso do mundo nas costas e cair de rendimento. O Flamengo tem uma equipe que, se jogar o seu melhor, tem sim qualidade para levar uma Libertadores, mas essa mesma equipe já atuou durante esse ano com níveis de empenho e capacidade técnica que mal garantiriam um pódio no quadrangular de fim de semana do SESC Campestre de Juiz de Fora.

E ao mesmo tempo priorizar a Libertadores não pode querer dizer, de maneira alguma, que o Flamengo deve abdicar das outras competições. No Campeonato Brasileiro, estamos um ponto atrás do líder e temos diante de nós mais da metade do torneio, ou seja, estamos firmes na briga e com o uso inteligente dos atletas do grupo temos plenas condições de continuar brigando pelo título. Já, na Copa do Brasil, o atrativo é exatamente o oposto: estamos a apenas uma vitória da semifinal, ou seja, por mais que com certeza essa fosse uma trajetória composta de jogos duríssimos, seriam apenas cinco jogos até um possível título nacional.

É com esse pensamento que o Flamengo deve enfrentar, nessa quarta-feira, o Cruzeiro, dentro do Maracanã, na primeira partida das oitavas de final da Libertadores. Com a certeza de que a Libertadores é uma competição onde o time precisa dar seu máximo, mas, ao mesmo tempo, a consciência de que entrar com sangue nos olhos não pode representar desequilíbrio emocional ou abandono do nosso estilo de jogo. Com a convicção de que se trata de apenas um passo na longa jornada que ainda temos pela frente mas sem esquecer que cada uma dessas partidas é um jogo de vida ou morte essencial para que a jornada continue.

Como vimos em diversas oportunidades esse ano, o Flamengo tem várias dificuldades, vários pontos fracos, mas também tem dentro dele o potencial para realizar grandes partidas e se mostrar superior a qualquer adversário da América do Sul. E independente de priorizar a Libertadores, o Brasileirão, a Copa do Brasil, se quem está dentro do campo priorizar o bom futebol com a coragem e a cara do Flamengo, nada é tão grande que não possa ser conquistado.

Mas o Flamengo precisa saber trabalhar essa prioridade com inteligência.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget