Vitinho se solta, arrisca e mostra adaptação ao estilo do Flamengo

GLOBO ESPORTE: Era esperado que a adaptação precisasse de um tempo. Vitinho chegou ao Flamengo com pompas, mas precisou entrar no time e no estilo de jogo da equipe de forma rápida, com as competições em andamento. A atuação no triunfo por 1 a 0 sobre o Vitória, em seu sétimo jogo no clube, mostrou uma nítida evolução principalmente no encaixe ao jeito de jogar do plantel. No primeiro tempo, o camisa 14 teve seu melhor momento com a camisa rubro-negra.

Vitinho arriscou mais chutes nos 81 minutos que atuou. Foram cinco finalizações na partida. Ele também propôs mais jogo, alternou entre ponta e meio e mostrou ter entendido a forma que Barbieri gosta de armar seu time. Mostrou mobilidade e participou melhor da rotação dos homens de ataque utilizada por esse Flamengo.

Vitinho durante Flamengo x Vitória - Foto: Gilvan de Souza
O jogador apareceu bem também atuando centralizado, onde arriscou bom chute de fora da área, e voltou algumas vezes para buscar o jogo. Não por acaso roubou seis bolas. Além disso, iniciou a jogada do gol marcado por Diego.

Por outro lado, ainda é preciso esperar mais. Vitinho ainda não mostrou a velocidade dos tempos de Botafogo. No segundo tempo desta quinta-feira, teve uma queda de rendimento, provavelmente por cansaço, e foi substituído.

Números de Vitinho no jogo

5 finalizações (2 defendidas, 1 para fora, 1 na trave e 1 bloqueada)
26 passes certos e 4 passes errados
1 falta cometida
6 roubadas de bola

O crescimento desde a estreia no dia 1º de agosto, diante do Grêmio, era esperado. O próprio Vitinho classificou a melhora de rendimento assim. Mas foi ele mesmo quem ressaltou que ainda é possível mais.

- Natural (ir crescendo de produção), com decorrer dos jogos, treinamentos... Ainda tenho muito a evoluir - disse Vitinho, após o jogo.

O técnico Maurício Barbieri também vê Vitinho subindo de patamar a cada partida.

- Ele vem numa crescente. Já tinha finalizado no último jogo. Tem facilidade. Lembro de duas defesas do goleiro do Atlético-PR. Acho que hoje conseguiu finalizar mais, fez passe lúcido no gol, está crescendo e vai agregar muito. Como já tem agregado - disse Barbieri.

Domingo, o camisa 14 terá mais uma oportunidade de crescer: o Flamengo encara o América-MG, no Independência, às 16h (de Brasília), pela 21ª rodada do Brasileirão. Será o último jogo antes da decisão das oitavas de final da Libertadores, quarta, diante do Cruzeiro, no Mineirão, também em Belo Horizonte.

No primeiro tempo, o camisa 14 teve seu melhor momento com a camisa rubro-negra.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget